Espenéfico, espernéfico e esprenéfico - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Espenéfico, espernéfico e esprenéfico

Desde criança que oiço o termo “espenéfico”, com o sentido de «espevitado, atrevido, pretensioso»: «Andas muito espenéfico – disse a mãe ao filho, já farta de o ver armado em engraçadinho.»

Com espanto, não encontrei este vocábulo em nenhum dos vários dicionários que consultei. No entanto, numa busca no Google, esta palavra aparece utilizada por algumas pessoas, duas das quais afirmam «estar em todos os dicionários»!...

 

[Exemplos:]

– «Em tempos do "Botequim" à Graça, ouvi a Natália Correia dizer a propósito da actual jurada do Prémio Pessoa: "o quê? Essa espenéfica"?
Pensei que se tratava de um regionalismo açoriano. Mas afinal a palavra, muito adequada, está em todos os [d]icionários de [p]ortuguês. [...]

O significado anda mais ou menos na área semântica d[e]: presumido, pretensioso no aspecto e nos modos.

E está realmente em todos os dicionários.» (blogue Insónia, 29/05/2006)

– «A Joanita está um bocado espenéfica, não deve interessar a partido nenhum. Tem que ir à psicanálise e pedir perdão ao Guru Louçã.» (blogue Arrastão, 01/08/2009)

– «Nunca te calas e nem ouves o nome das pessoas, sê menos espenéfica.» (página de Facebook)

– «Ele queria aquele, claro, mas mesmo assim foi buscar outro e a espenéfica foi atrás! (blogue Travelling with Ritinh@, 19/04/2007)

 

Gostaria de ouvir a vossa opinião.

Muito obrigado.

 

P.S.: Em aditamento à minha consulta [...], acabo de descobrir no Google as variantes “espernéfico” e “esprenéfico”, que também não encontro em nenhum dicionário.

30/04/2016 – «Um programa – não me lembro do nome – presidido pela espernéfica senhora Constança e Sá.»

18/10/2018 – «Mal em si é a escolha de um cão de fila para a energia, um espernéfico ignorante na matéria, como tal várias vezes desmascarado [....].»

2/02/2008 – «O Presidente da República, Cavaco Silva, ao contrário de alguns meninos espernéficos...»

2006 – «Vozes: como se escreve espernéfico? Espernéfico ou esprenéfico? Outras vozes: nem de uma maneira nem de outra. Não vem no dicionário. Vozes: em qual?» (António Barros et al., Esta danada caixa preta só a murro é que funciona : CITAC 50 anos, Coimbra : Imprensa da Universidade, 2006, p. 211)

24/02/2017 – «Vai daí, trafulhamente, a dona Catarina, espernéfica [...].»

1996 – «[...] um roedor esprenéfico, de par de estalos, a dar às ancas [...].» (António Lobo Antunes, O Manual dos Inquisidores)

02/10/2014 – «Agora falta fazerem uma lei para me proteger do esprenéfico do cão da vizinha do 5º andar que não se cala o dia inteiro»

2009 – «[...] abre-se o mecanismo e volantezitos esprenéficos a garantirem.» (António Lobo Antunes, Que Cavalos São Aqueles que Fazem Sombra no Mar?)

23/07/2011 – «Uma faixa esprenéfica, que é um termo muito usado cá na família , que significa qualquer coisa ou pessoa entre o irritante e o espevitado.»

1994 – «Bom, então vê lá se deixas de ser esprenéfica, está bem?» (Rita Ferro, Por tudo e por nada. Crónicas, Lisboa, Contexto Editora, 1994, p. 120)

João Nogueira da Costa Almada, Portugal 42

As formas apresentadas na pergunta não encontram registo nos dicionários consultados para a elaboração da presente resposta1. Torna-se, portanto, difícil identificar a forma mais correta, perante a variação evidenciada pelos exemplos remetidos pelo consulente, a que se junta mais outro, extraído do Corpus do Português de Mark Davies: 

(1) «A convocação era urgente tendo até o Cabeça de Vaca almoçado no seu gabinete dividindo uns bolos melados com a dactilógrafa espernéfica-possidónia.» (Rúben A. Páginas, 1988)

Há, contudo, registo dicionarístico de espanéfico, «muito espalhafatoso no trajar, no andar, no falar» (Dicionário Priberam da Língua Portuguesa; ver também dicionário da Porto Editora na Infopédia e Vocabulário da Língua Portuguesa, 1966, de Rebelo Gonçalves)2, sentido não exatamente coincidente com o de  espenéfico/espernéfico/esprenéfico, que parece constituir uma forma mais expressiva de dizer o mesmo que «irrequieto, imparável até à irritação».

Deve ainda mencionar-se outra palavra de sonoridade semelhante, espernético, que o Dicionário Geral e Analógico da Língua Portuguesa, de Artur Bivar, recolhe com a indicação de se tratar de regionalismo duriense que se usa na aceção de «bem disposto, cheio de prosápia», significado que continua a não ser precisamente o das formas em questão.

Sugere-se, então, que espenéfico é uma deturpação de espanéfico, ainda mais alterada pelas variantes espernéfico/esprenéfico, por analogia com espernético, se é que esta forma não é já ela uma amálgama popular de espernear e frenético. Dado a palavra ter significação autónoma, não se justifica tomar espanéfico como forma correta.

 

1 Foram consultados: Aurélio XXI, Dicionário Houaiss (2001), Grande Dicionário da Língua Portuguesa de José Pedro MachadoDicionário Geral e Analógico da Língua Portuguesa de Artur Bivar, Dicionário de Português da Porto Editora (na Infopédia), Dicionário Priberam da Língua PortuguesaVocabulário Ortográfico da Infopédia, Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa, Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da Academia das Ciências de Lisboa.

 2 Trata-se de um vocábulo de origem obscura, segundo a nota etimológica do Dicionário Houaiss.

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: adjectivo