A expressão «ser feito de...» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
A expressão «ser feito de...»

Gostaria de saber se o verbo ser pode ter objeto indireto. Minha dúvida surgiu após ler o Dicionário de Verbos e Regimes, de Francisco Fernandes,no qual ele diz que o verbo ser pode ser transitivo indireto. Um dos exemplos dele [é]: «À noite serei em tua casa , e de manhã partiremos.»

Na frase «O que seria desses meninos se lhes faltassem os pais»,  a parte «desses meninos» é objeto indireto do verbo ser?

Grato pela resposta. Parabéns pelo belo trabalho de vocês.

António Lima Professor Bonito-PA, Brasil 42

O verbo ser, enquanto verbo copulativo, pode estar associado à localização espacial e temporal do sujeito frásico, pois, como afirmam Veloso e Raposo «é precisamente o facto de a localização temporal ou espacial ser uma propriedade essencial dos eventos que faz do verbo ser o verbo de cópula adequado nestes casos» (Raposo et al. Gramática do Português. Fundação Calouste Gulbenkian, p. 1328). Uma vez que ser é um verbo copulativo, a função sintática do constituinte que faz a localização temporal ou espacial será a de predicativo do sujeito. Deste modo, na frase

(1) «À noite serei em tua casa, e de manhã partiremos.»

o constituinte «em tua casa» tem a função de predicativo do sujeito.

A construção apresentada em (2)

(2) «O que seria desses meninos se lhes faltassem os pais?»

corresponde a uma frase interrogativa introduzida por «o que foi/é/será» que, neste caso, se caracteriza pela elipse de um verbo como fazer, pelo que a frase completa seria:

(2a) «O que seria feito desses meninos se lhes faltassem os pais?»

Assim se conclui que o constituinte «desses meninos» é complemento oblíquo do verbo fazer, não tendo uma relação direta com o verbo ser.

Em nome do Ciberdúvidas, agradeço as palavras que nos endereça.

Disponha sempre!

Carla Marques
Tema: Classes de palavras Classe de Palavras: verbo
Áreas Linguísticas: Semântica; Sintaxe Campos Linguísticos: Funções sintáticas