Início Respostas Consultório Campo linguístico: Siglas/Acrónimos
André Vieira Professor Lubango, Angola 627

Surgiu-me uma dúvida ao verificar a forma como foi criada a sigla do nome Universidade Mandume ya Ndemufayo (UMN). A letra inicial N em Ndemufayo marca apenas a nasalidade, como acontece com alguns nomes das línguas bantu...

Estará correcta esta sigla?

Vera Almeida Assistente Técnica Oeiras, Portugal 834

Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento dos Municípios de Oeiras e Amadora (SIMAS), quando referidos pela abreviatura, deverão ser designados por «o SIMAS», ou «os SIMAS»?

Ana Isabel Lopez Arquiteta Toulouse, França 1K

Lo siento no hablo portugués pero visité el Palacio da Pena en Sintra y vi en su capilla una esfera armilar con la divisa SMIDME. ¿Podrían decirme que significa? He buscado en internet y bibliotecas pero no lo encuentro.

Obrigada.

Marco M. Médico Porto Alegre, Brasil 3K

Mais uma consulta em relação à pronúncia de siglas. Como me oriento, em termos de sílaba tônica, para pronunciar Simers (Sindicato Médico do Rio Grande do Sul). Digo "Símers", ou "Simérs"?

Fábio Vasco Estudante universitário e operador de call center Quinta do Conde, Portugal 6K

Qual o género de "wc"? Por ex.: «Vou ao wc» — o que tendo a dizer. Ou «vou à wc»?

Obrigado.

Carlos Machado e Moura Arquite{#c|}to Porto, Portugal 2K

Estimados senhores, abri há pouco uma empresa de arquitectura com um sócio, à qual demos o nome de MAVAA (Machado e Viana Arquitectos Associados). Acontece que há uma grande divisão na forma como o nome da empresa é lido: quem leia "máva" e quem opte por "mavá", acentuando a última sílaba por causa da existência do duplo A no final. Como presumo não existir na língua portuguesa o duplo A (ocorre-me apenas o nome de Abraão), considero que o nome dever-se-ia ler "máva", no entanto não tenho grandes certezas sobre esse facto. Poderiam elucidar-me sobre este aspecto?

Agradeço desde já a atenção.

Hélio Dias Servidor público Rio de Janeiro, Brasil 4K

Gostaria de saber se a pronúncia da sigla IPHAN é "ipan" ou "ifan" como a maioria da mídia pronuncia. (IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Obrigado.

Karla Mendes Secretária Recife, Brasil 4K

Sobre a abreviatura de «recursos humanos»: RH exige ponto — "R.H."?

Qual o plural de freezer e folder?

Jacob Jakovski Jornalista Maceió, Brasil 3K

Gostaria de saber por que se pronunciam algumas siglas que formam palavra com mais de uma sílaba cuja letra final é o U como paroxítona, enquanto outras são pronunciadas como oxítonas. Exemplo: ONU (paroxítona) e SAMU (oxítona).

De maneira semelhante, aparecem as siglas terminadas em I. Na sigla INPI (que aqui no Brasil pronunciamos como paroxítona), não sería correto lermos de maneira igual a "tupi", palavra oxítona que designa etnias pré-colombianas brasileiras?

Maria Alice Sarabando Professora aposentada Vagos, Portugal 3K

Sei que este assunto já foi abordado, mas gostaria ainda de obter alguns esclarecimentos. Uma vez que CD não é bem uma sigla como as outras pois já se instalou no uso oral como um nome, será legítimo escrevê-la como palavra ("cêdê") e pluralizar esta ("cêdês"), sobretudo na ausência de outros indicadores para o seu entendimento no plural? Por exemplo, «aquela mesa era uma confusão: cadernos, papéis, pacotes de batatas fritas vazios, CD...». «CD» não funciona; "CDs" ou "CD's" não é aceitável. Usar "cêdês" entre aspas? Optar pela expressão discos compactos? Neste caso, não deveria formar-se uma palavra composta ("discos-compactos"), atendendo a que qualquer disco de madeira ou de metal é compacto?