O valor modal na frase «talvez não fosse má ideia» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O valor modal na frase «talvez não fosse má ideia»

Qual é a modalidade presente em «talvez não fosse má ideia pensar também em novas formas de circular, combinando os meios físicos e as plataformas digitais»?

Obrigada.

 

Ana Franco Professora Portugal 196

A frase em questão apresenta uma modalidade epistémica com valor de probabilidade.

A modalidade epistémica exprime o grau de certeza/incerteza do locutor relativamente ao conteúdo proposicional da sua frase. Esta modalidade, de acordo com o previsto no Dicionário Terminológico, documento que serve de referência aos conteúdos gramaticais a abordar em contexto escolar, tem dois valores: o valor de certeza e o valor de probabilidade. Este último é marcado no enunciado através de recursos linguísticos como:

(i) o adjetivo possível: «É possível que ele tenha lido o livro.»

(ii) o advérbio talvez: «Talvez ele tenha lido o livro.»

(iii) o verbo dever: «Ele deve ter lido o livro.»

(iv) o adjetivo provável: «É provável que ele tenha lido o livro.»

No caso da frase apresentada pela consulente, observamos o recurso ao advérbio talvez como forma de associar o valor de probabilidade à modalidade epistémica.

Disponha sempre.

Carla Marques
Áreas Linguísticas: Semântica Campos Linguísticos: Modo/Modalidade