A influência do tupi - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A influência do tupi

Eu sou brasileiro e quero saber se a influência da língua indígena do Brasil, a maior delas, o Tupi, chegou em Portugal? É claro que palavras como guaraná, açaí tenham chegado aí. A gente usa aqui muito o "aé" escrito pelos internautas "aew" do tupi, que significa «Mas, antes, finalmente, senão, antes».

Usa-se muito cunhã, que é «menina», cuzcuz e mandioca, que são comidas, estados brasileiros como Paraíba (rio-ruim), cuiabá. Estádios de futebol como o Maracanã.

Broaca, que é «velha rabujenta», Motirõ, que virou Mutirão... entre outras... Sem falar que a língua dos índios brasileiros tem dezenas de palavras cognatas com o japonês como mostra esse "site" que leciona japonês http://www.sonoo.com.br/TupiPortuguesJapones.html. Bem... No séc. XVII de cada

4 brasileiros, 3 falavam tupi... os portugueses é que estavam sendo colonizados... isso só mudou quando o Marquês de Pombal proibiu o uso do tupi no Brasil... No Paraguai só a classe média e os ricos falam espanhol, os pobres de lá falam língua de índio... O tupi podia ter evoluído, mas foi morto pelo portugueses que massacraram a raça e a cultura de uma civilização.

Carlos Felipe Brasil 2K

Em Portugal temos as mesmas palavras herdadas do tupi pelos colonos, depois Brasileiros, embora o seu uso seja muito menor, como se compreende. Nos topónimos, claro, é onde se nota mais, dado que aqueles provenientes do tupi evidentemente só no Brasil se empregam. A propósito, o termo cuscuz vem do árabe, e não do tupi. Quanto a palavras tupis cognatas com o japonês, isso não passa de fantasia, pois as duas línguas não têm qualquer relação, pelo que qualquer semelhança vocabular será mera coincidência.

 

F. V. Peixoto da Fonseca
Tema: História da língua Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Etimologia; Léxico