Nossa Senhora das Preces - O nosso idioma - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa O nosso idioma Artigo
Nossa Senhora das Preces
Nossa Senhora das Preces

« (...) Salve com a sua ajuda todas as palavras postas em perigo porque delas se precisa até para rezar. Apresse-se, Senhora, e receba [esta]  prece. (...)»

 

 

Levado por mão amiga fui  de visita à Aldeia das Dez. Linda na sua luxúria de verde. Quem subir a uma varanda e se virar  para norte, verá a garganta que separa a serra da Estrela da do Alvor.

Descendo com o olhar para o chão terá diante de si um vale onde assentam os sopés das duas serras.

De manhã, quando surgem os raios de oiro do sol anunciando-se por detrás do Alvor  um manto de nevoeiro denso e leitoso cobre todo o vale.

O cimo das duas serras; a do Alvor verde de tanta árvore, a da Estrela como se fosse a superfície lunar, na cor.

No Vale da Maceira,o lindíssimo Santuário da nossa Senhora das Preces. E se não fosse a Senhora das Preces não me atreveria a pedir-lhe que interceda junto dos que nela têm fé para que não ponham em perigo a tão amada linda língua portuguesa.

Ó Nossa Senhoras das Preces interceda para que de futuro quem estiver muito doente a bater às portas da morte e esteja desprotegido não ponha em perigo a ortografia e faça o milagre para salvar não só o doente, mas também o português.

Lembre-se a Senhora do que sofre a nossa língua com tanto deletelow cost, shopping, startuptake away and so on.

A Senhora sempre falou português com seus pais e familiares e amigos, pois que as santas também vivem como as outras pessoas, exceção feita à santidade.

Salve com a sua ajuda todas as palavras postas em perigo porque delas se precisa até para rezar. Apresse-se, Senhora, e receba a prece.

Fonte

[texto transcrito, com a devida vénia ao autor, do bloque "O Chocalho", colocado aí no dia 1 de novembro de 2016.]

Sobre o autor

Advogado, autor, entre outras obras, de Do Tamanho do Mundo (poesia; ed. Umeiro), Trajectos (novela; Livros Horizonte); Com Alá ou com Satã (em parceria com Luís Sá; Campo das Letras), Quando os Santos Deixaram de Ser Santos (novela; Campo das Letras); e Contos do Landroal e do Resto do Mundo (Âncora Editora).