As sete regras essenciais do uso da vírgula - O nosso idioma - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Início Português na 1.ª pessoa O nosso idioma Artigo
As sete regras essenciais do uso da vírgula

Iniciativa da Escola Superior de Educação de Lisboa que acaba de lançar um tutorial multimédia sobre uso da vírgula, no âmbito do projeto Scriptorium – Centro de Escrita Académica em Português, com financiamento da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Aqui fica o respetivo vídeo:

 

 

Cf.  5 bons motivos (e 10 regras) para usar corretamente a vírgula

 

N.E. – O não uso da obrigatória vírgula no vocativo – seja quando ela representa um chamamento, um apelo, uma saudação ou uma evocação* – generalizou-se praticamente no espaço público português, dos órgãos de comunicação social à publicidade .Por exemplo, aquiaquiaquiaqui ou aqui. Uma incorreção várias vezes esclarecida no Ciberdúvidas – vide Textos Relacionados, ao lado –, assim como noutros espaços à volta da língua portuguesa. 

Cf. entre outros registos: Vocativo + Vocativo: uma unidade à parte + O uso da vírgula no vocativoVocativo – uma questão de vírgula + A vírgula do vocativo – Exemplos de vocativo no início, no meio e no fim da frase + 5 bons motivos (e 10 regras) para usar corretamente a vírgula.

* Por regra,  no discurso direto e, geralmente, em frases imperativas, interrogativas ou exclamativas.