Antologia - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Outros Antologia Guiné-Bissau
Textos de autores lusófonos sobre a língua portuguesa, de diferentes épocas.
Imagem de destaque do artigo

«A língua nasceu solta e desenvolta. Nasceu virada para fora de si, irmanada com os lábios, os dentes e as cordas vocais que lhe deram a fala, a música, o grito e o silêncio, próprio da caverna onde livremente se encontra enclausurada», descreve neste texto a escritora e investigadora guineeense Odete Semedo, no livro Entre o Ser e o Mar, de que respigamos a seguir um extrato.

Imagem de destaque do artigo

«Do português interessam-me muitas coisas, a começar pela relação específica que existe em qualquer língua entre grafema e fonema. Em nenhuma outra língua, nem mesmo em kriol (devido à sua jovem normalização), me sinto tão à vontade.»

[texto do sociólogo guineense Carlos Lopes especialmente para o Ciberdúvidas, na sequência do contributos do angolano Pepetela, do cabo-verdiano Germano Almeida, do moçambicano Mia Couto e do português José Saramago.]