Pepetela - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Pepetela
Pepetela
1K

Pepetela (Benguela, 1941) é um escritor angolano. Licenciado em Sociologia, iniciou a sua carreira literária e política na Casa dos Estudantes do Império, em Lisboa. Depois do 25 de Abril, participou ativamente na governação de Angola, como membro do MPLA. É docente da Faculdade de Arquitetura da Universidade Agostinho Neto, em Luanda. Da sua obra, destacam-se: As Aventuras de Ngunga (1972), Mayombe (1979), O Desejo de Kianda (1995), A Gloriosa Família (1997), Predadores (2005) e O Quase Fim do Mundo (2008). Em 1997, recebeu o Prémio Camões pelo conjunto da sua obra até então e em 2020 o Prémio do Festival Correntes d'Escritas.

 
 
Textos publicados pelo autor
Uma língua que aceita brincadeiras*
Por Pepetela

«Quando pensamos numa língua muitas vezes a vemos da forma sisuda que na escola nos ensinaram a encará-la, com aquelas regras chatíssimas de gramática que parecem talhar um fato apertado que a sufoca. Afinal essas regras podem não ser tão antigas assim e dependem das brincadeiras que fazemos com a língua.»

[Texto escrito especialmente para o Ciberdúvidas, na sequência dos contributos do do cabo-verdiano Germano Almeida, do guineense Carlos Lopes, do moçambicano Mia Couto e do português José Saramago.]