Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Germano Almeida
Germano Almeida
619

Germano Almeida (Boa Vista, 1945) é um escritor cabo-verdiano, formado em Direito em Lisboa. Nas suas obras, recorre ao humor e à sátira para denunciar a hipocrisia da sociedade cabo-verdiana. Das suas obras, destacam-se: O Meu Poeta (1989), As Memórias de um Espírito (2001) e Eva (2006).

 
Artigos publicados pelo autor

Lembro-me que aí pelos meus dez anos eu e meu primo André disputávamos renhidamente qual de nós dois era melhor ajudante de padre e por isso era garantido que quando um estava com nho padre logo o outro arranjava maneira de aparecer. Ora certo dia tinha eu quase que secretamente conseguido esgueirar-me para dentro da casa do padre, mas eis que logo de seguida batem à porta. Quem será, questionou nho padre. Quase é André, respondi. Nho padre não entendeu no imediato mas depois deve ter feito alguns jogos de cabeça porque começou a rir: Quase não, disse ele, ou é André ou não é. Quase é André é que não pode ser. Vai ver! (...)