Os ditongos «ou» e «oi» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Os ditongos «ou» e «oi»

Gostava de saber como é que se explica a alternância dos ditongos "ou" e "oi".

Nuno Soares 6K

O ditongo ou representava, no Português antigo, a evolução normal do ditongo latino au: touro, de «tauru-»; ouro, de «auru-»; louro, de «lauru-». Distiguia-se do ditongo oi, que tinha outras proveniências. A partir do séc.XVI, porém, passaram a alternar, ao que parece por influência da pronúncia peculiar aos judeus. Gil Vicente põe na boca das personagens judias das suas farsas a pronúncia «oi» em vez de «ou». Hoje, a alternância ainda se verifica, mas há formas que vão caindo em desuso: cousa, noute, tesoiro, oiro etc.

Teresa Álvares
Tema: Uso e norma
Áreas Linguísticas: Fonética; Ortografia/Pontuação