O possessivo sem artigo definido na frase «A meu lado» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
O possessivo sem artigo definido na frase «A meu lado»

É muito comum ler-se, nomeadamente em textos literários, «a meu lado» em vez de «ao meu lado». Pergunta: «a meu lado» é correto, ou trata-se de um erro já muito enraizado na nossa língua?

Muito obrigado pelo vosso trabalho excelente!

Diogo Morais Barbosa Revisor Lisboa, Portugal 42

Não se trata de erro, mas sim do uso do possessivo sem artigo definido. Em muitas expressões fixas, como é o caso, o possessivo ocorre sem artigo definido: «em meu nome», «em minha casa», «a meu favor».

Isto mesmo é confirmado pelo filólogo e linguista francês Paul Teyssier (1915-2002) no seu Manual de Língua Portuguesa (Portugal-Brasil) (Coimbra Editora, 1989, pp. 135/136):

«Até ao século XIX, os escritores portugueses podem empregar o adjetivo possessivo com ou sem artigo. Lê-se, por exemplo, em António Vieira (século XVIII):

"Apascenta minha ovelhas" [...]

"Apascenta meus carneiros" [...].

Hoje há certos casos em que nunca se emprega o artigo:

– Com os substantivos no vocativo, por exemplo, Não, minha senhora [...].

– Em certas fórmulas cristalizadas, por exemplo Vossa Excelência, Nosso Senhor [...].

– Num grande número de locuções que se vão aprendendo com a prática, por exemplo:

em seu nome    a meu pedido   em nosso favor   por sua causa   a meu ver [...]»

 

 

 

 

 

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: determinante