Composição poética e estrutura interna - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Composição poética e estrutura interna

Queria saber o que é a composição poética e a estrutura interna de um poema, pois preciso de esclarecimento para um trabalho e não percebo o que é. Poderiam ajudar-me, por favor?

Henrique Mendes Estudante Lisboa, Portugal 9K

Composição poética, no senso comum, é um enunciado escrito (poderá também ser oral) que visa exprimir o sentimento profundo ou a opinião de um sujeito poético (aquele que “fala” no poema) ou do seu autor (o sujeito poético poderá coincidir, ou não, com o autor). A composição poética é, geralmente, redigida em verso. Porém, hoje considera-se que pode ser também em prosa. Para isso, terá de possuir uma certa musicalidade e ritmo e obedecer às regras da poesia, onde as palavras ganham grande simbolismo, profundidade, musicalidade e ritmo.

O conceito de poética é alargado, complexo e polémico e tem sido motivo de diferentes teorias. No passado, já foi equiparado ao de literatura.

A estrutura interna de um poema são os elementos estruturantes endógenos que contribuem para a construção da sua mensagem; por exemplo, as palavras-chave, as expressões mais valorativas e o seu relacionamento na elaboração do assunto. Tem de ter em conta os aspetos morfossintáticos, semânticos e fónicos; nestes três campos, estão presentes os elementos que, criteriosamente selecionados, dão origem à mensagem poética. Pode referir-se, por exemplo, a tipologia de frases, os advérbios, os verbos, os pronomes, os recursos estilísticos que são escolhidos para que o texto esteja em conformidade com as ideias do seu autor.  

Filipe Carvalho
Áreas Linguísticas: Discurso/Texto; Estudos Literários Campos Linguísticos: Coesão/Coerência; Tipologias textuais