Ainda o ter a ver e o ter a haver - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Ainda o ter a ver e o ter a haver
Com o devido respeito, as minhas dúvidas não ficaram dissipadas.
Isto porque se "justificou" pela negativa o emprego do verbo “ver", sonegando o comentário ao pertinente argumento de Rui Prior para o emprego do verbo "haver" no sentido de "receber".
Acresce que "haver" significa, em primeira linha, "ter", para além de múltiplos outros sinónimos.
Acontece que a expressão «isto nada tem a (ha)ver com aquilo» é sempre algo redundante, já que é um mero reforço da afirmação «isto nada tem com aquilo», não merecendo dúvidas, neste último caso, o emprego do ver "ter".
Ora na frase «isto nada tem a ter com aquilo», o verbo "ter" é utilizado exactamente no mesmo sentido as duas vezes, só que a frase soaria demasiado mal para ser utilizada. Ouso admitir que a justificação para a utilização do verbo "haver" passe por aqui, por um lado assim se evitando a desagradável repetição de "ter" e, por outro, alargando o sentido do verbo para "receber", "colher"....
Desta forma, estaria justificado, pela positiva, o emprego do verbo "haver", outro tanto não parecendo ser passível de ser feito quanto ao verbo "ver", em face dos sinónimos do mesmo.
Correndo o risco de ser impertinente pela insistência, solicito se dignem esclarecer de vez este assunto, justificando pela positiva o emprego de "ver" e comentando os argumentos aduzidos, ainda que os mesmos não mereçam
acolhimento.

P.S. - Porque as dúvidas terão origem, também, na igual sonoridade das duas "versões", dúvidas deverão existir, também, na língua francesa, onde a situação é idêntica quanto aos verbos "voir" e "avoir"....
Manuel Correia Bruxelas, Bélgica 4K
A expressão ter a haver é caso completamente diferente da querela ter/tem a ver e ter/tem que ver . Um exemplo:
O José Maria vai comprar um livro que lhe custa 45 €. Dá ao livreiro uma nota de 50 € e diz:
- Tome lá 50 €. Tenho a haver 5 €
Suponhamos que lhe tinha dado os 45 €. Ao pagar, podia dizer assim:
- Aqui estão os 45 €. E nada tenho a haver
Neste caso o verbo haver significa receber
Isto foi o que respondi ao que me era solicitado, pelo que nada mais vinha a propósito.
Quanto ao resto, tratando-se de não-frases («Isto nada tem a haver com aquilo.», «Isto nada tem a ter com aquilo») nem vale a pena comentá-las.

José Neves Henriques
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: verbo
Áreas Linguísticas: Léxico; Semântica