A sintaxe do verbo provar - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A sintaxe do verbo provar

O verbo provar, no sentido de «experimentar«, é transitivo direto ou indireto? «Eu provo a comida», ou «da comida»?

Obrigado.

Júnior Lima Dias Estudante de Direito Brumado - BA, Brasil 42

O verbo provar, enquanto «experimentar», pode ser classificado como transitivo direto e transitivo indireto. No primeiro caso, enquanto verbo transitivo direto, seleciona um complemento direto: «Eu provo a comida», sendo que a comida é o complemento direto; no segundo caso, enquanto verbo transitivo indireto, seleciona um complemento oblíquo: «eu provei de toda a comida (que se encontrava na mesa)» ou «eu provei da comida», onde de toda a comida/da comida tem a função de complemento oblíquo que assume a forma de grupo preposicional. Neste último exemplo, estamos perante uma construção também chamada partitiva, marcada pela preposição de contraída com o artigo, no caso, a.

Sara Mourato
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: verbo
Áreas Linguísticas: Léxico; Sintaxe Campos Linguísticos: Regência