Consultório - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Respostas Consultório Campo linguístico: Neologismos
Paulo de Sousa Tradutor Portugal 393

Numa representação (para cinema, teatro ou televisão) em que dois atores contracenam, podemos chamar de "contraparte" a cada um dos intérpretes?

Não encontro uma tradução, neste específico contexto, do termo inglês «counterpart» que é descrito como «a person acting opposite another in a play», ou seja, um dos atores da contracena.

Sávio Christi Ilustrador, quadrinista, escritor, pintor, letrista e poeta Vitória (Espírito Santo) , Brasil 688

Produção do cinema = produção cinematográfica.

Produção da televisão = produção televisiva.

E produção de vídeo = produção vidática? Videática? Ou qual a palavra?

Aproveitando: por que razão, nesse caso, é "produção de vídeo" e não "produção do vídeo" mesmo?

Muitíssimo obrigado e um grande abraço!

Maria Madalena Casalinho Formadora Casével, Portugal 1K

Ouvi dizer «ele saboteou» o que me faz assumir que existe o verbo sabotear, senão seria «ele sabotou» de sabotar.

Poderiam esclarecer a minha dúvida?

Muito obrigada pela atenção.

Jorge Sousa Revisor Portugal 7K

Antes de mais, muito obrigado pelo vosso trabalho e competência, que ao longo dos anos me têm sido muito úteis. O vosso serviço é uma belíssima escola!

Gostaria de perguntar se é possível utilizar a palavra "capelã" como feminino de capelão.

Tenho procurado – possivelmente mal –, mas não tenho encontrado o termo.

Muito obrigado.

Armando Dias Reformado Lagos, Portugal 2K

Depois do Brexit, eis um derivado do termo inglês mais propalado nos media portugueses dos últimos tempos já com circulação mais do que garantida: Mayexit. Gostava de ter um comentário da equipa do Ciberdúvidas.

Muito obrigado.

Armando Dias Reformado Lagos, Portugal 2K

Num texto dado à estampa ("Pela democracia e pelas liberdades na Catalunha", Público, 23/04/2019), um dos subscritores identifica-se como "mediólogo". Sendo quem é – o professor universitário especialista na área dos media J.-M. Nobre-Correia –, depreende-se que a palavra pretende significar isso mesmo: estudioso dos media.

Acontece que não encontro essa definição regidstada em nenhuma fonte autorizada. Pelo contrário, no Brasil, o termo equivale a «especialista em classe média – classe-mediólogo» (cf. revista Veja).

Fico agradecido pelo esclarecimento.

Luís Machado Bibliotecário Coimbra, Portugal 2K

O termo monotético parece fazer parte do vocabulário do português do Brasil, (significando «uma classificação que utiliza apenas um critério diferenciador»1) assim como da língua inglesa (monothetic: "That assumes or is based on a single essential element or idea"2).

Haverá alguma expressão, no português de Portugal, com significado similar?

1 Dicionário Informal, em linha.

2 Oxford English Dictionary, em linha [tradução livre da frase em inglês: «que supõe ou é baseado num único elemento ou ideia essenciais»]

Vicente Martins Professor universitáro Sobral, Brasil 2K

Preciso criar um termo relativo ao ato ou à produção de slides (aplicado à educação com a noção de produção de slides para apresentação em sala de aula). Pensei em partir da palavra aportuguesa "eslaide" e gerar "eslaidização". Assim, "eslaidização" seria um neologismo viável ou possível na língua portuguesa? Se não for possível, vocês poderiam me propor um novo termo mais ajuste aos padrões de composição lexical?

Obrigado.

Renato de Carvalho Ferreira Estudante de História São Paulo, Brasil 2K

Acerca do termo grego Γοργόνειον (Gorgóneion), há alguma forma aportuguesada registrada e/ou há alguma sugestão de aportuguesamento? Existe ao menos um equivalente em latim a partir do qual é possível se basear?

José Barbosa Reformado Maia, Portugal 3K

Não existe a palavra "indignificar" cujo significado seria «tornar indigno» (não confundir com indignar)? Imagino uma frase assim: «Não cometa essa indignidade que só o indignificará.» Fui suficientemente claro? Pode por favor dar-me a sua opinião?

Obrigado.