Predicado e complemento direto - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Predicado e complemento direto

Tenho uma dúvida que há muito tempo me incomoda. Tudo que desejo entender é se locução verbal possui algum complemento, seja objeto direto ou indireto. Como nesse exemplo bastante simples: «Eles estão procurando emprego». A palavra «emprego» seria considerada objeto direto da locução?

Pedro Henrique Estudante Leme, Brasil 659

A resposta a uma pergunta semelhante já foi dada aqui.

Segundo o Dicionário Terminológico, o predicado é a função sintática desempenhada pelo grupo verbal – que supomos que seja o que significa a sua expressão "locução verbal" –, sendo o complemento direto selecionado pelo verbo e uma das funções sintáticas internas ao grupo referido. 

Na sua frase «Eles estão procurando emprego.», a palavra emprego desempenha, de facto, a função sintática de complemento direto, visto que o verbo procurar se classifica como transitivo direto*. 

*in Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa

Aura Figueira
Tema: DT (Dicionário Terminológico) Classe de Palavras: verbo
Áreas Linguísticas: Sintaxe Campos Linguísticos: Funções sintácticas