Julgo, jugo e julgamento - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Julgo, jugo e julgamento

Tenho visto várias pessoas usarem a palavra julgo como sinônimo de julgamento. Nunca imaginei que pudesse ser usada assim, como na frase: «Não quero viver sob o seu julgo» (no sentido de julgamento, segundo a pessoa que o escreveu).

Segundo a mesma, jugo é canga, quando eu entendo que pode significar dominação, portanto, julgamento. Quem está certo?

Ângela Faria de Paula Lima Doméstica Lavras, Brasil 20K

Nenhum dos instrumentos linguísticos de referência consultados confirma a existência do nome/substantivo julgo.

Na verdade, julgo surge apenas como a 1.ª pessoa do singular do presente do indicativo do verbo julgar e nunca como sinónimo nominal deste.

O vocábulo jugo, de facto, pode significar «peça de madeira usada para atrelar bois a carroça ou arado; canga», sendo que, em sentido figurado, pode alcançar aceções como «sujeição imposta pela força ou autoridade; opressão; vínculo de submissão e obediência, ex.: livrar-se do jugo paterno» (Dicionário Houaiss).

Deste modo, parece-me igualmente forçado entender o nome jugo como sinónimo de julgamento.

Pedro Mateus
Tema: Classes de palavras Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Discurso/Texto; Léxico