Fazer-se linda/(de) bobo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Fazer-se linda/(de) bobo

Por favor, As frases: «Ele se fez de bobo» e «A garota fez-se linda». A palavra fez é verbo transitivo direto ou passa a ser verbo de ligação nestas frases? As palavras «de bobo» e «linda» são predicativos do sujeito ou do objeto direto «se»?

Grato.

Evandro Braz Lucio dos Santos Professor Santa Quitéria, Brasil 105

Nos casos em apreço, o verbo fazer é usado como transitivo-predicativo, ou seja, um verbo que seleciona um complemento direto e um predicativo do complemento direto, como se observa em (1):

(1) «O presidente fez o João diretor de secção.» («o João» – complemento direto; «diretor de secção» – predicativo do complemento direto)

Assim, nas frases apresentadas, os constituintes «de bobo» e «linda» desempenham ambos a função sintática de predicativo do complemento direto. Refira-se ainda que o verbo fazer também pode funcionar

(i) como verbo transitivo: «Eu faço os trabalhos de casa.»

(ii) como verbo leve1 ou de suporte: «Ele fez um juramento.» (= «Ele jurou.»)

Disponha sempre!

 

1. A noção de verbo leve pode ser consultada aqui.

Carla Marques
Tema: Classes de palavras Classe de Palavras: verbo