Ambos como pronome indefinido - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Ambos como pronome indefinido

Na frase «Ambos os escritores são lusófonos», ambos é um quantificador universal. E na frase «Ambos são lusófonos»?

A palavra ambos assume características de pronome, mas de que subclasse? Indefinido?!

O facto de esta palavra indicar um número (quantidade) preciso dificulta-me a compreensão no que respeita à sua inclusão nos pronomes indefinidos, mas não vejo outra hipótese...

Agradeço o vosso parecer.

Patrícia Silva Professora Ponta Delgada, Portugal 42

Quando acompanha um nome, ambos é, de facto, um quantificador existencial, como acontece no exemplo apresentado:

(1) «Ambos os escritores são lusófonos.»

A palavra ambos pode, não obstante, surgir no lugar do nome. Nesse caso, integra a classe dos pronomes indefinidos (cf., por exemplo, Dicionário Houaiss), como em:

(2) «Ambos são lusófonos.»

Como esclarecem Nascimento e Lopes, «as formas variáveis do pronome indefinido correspondem ao uso pronominal (pronominalização) de um quantificador (universal ou existencial) ou de um determinante indefinido. Veja-se que as formas variáveis do pronome indefinido apresentam as mesmas formas dos quantificadores (universais e existenciais) e dos determinantes indefinidos.» (Gramática da Língua Portuguesa, p. 160)

Disponha sempre!

Carla Marques
Tema: Classes de palavras Classe de Palavras: pronome