A sigla e o acrónimo de Instituto Português do Mar e da Atmosfera - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A sigla e o acrónimo de Instituto Português do Mar e da Atmosfera

IPMA (Instituto Português do Mar e da Atmosfera) é sigla ou acrónimo?

Luís Fernandes Professor Funchal, Portugal 1K

IPMA  é interpretável e pronunciável quer como sigla quer como acrónimo.

Se a abreviação IPMA (isto é, Instituto Português do Mar e da Atmosfera) for proferida letra a letra, isto é, soletrando – i-pê-eme-á –, trata-se de uma sigla. Contudo se pronunciarmos a mesma sequência como se fosse uma única palavra, fazendo soar "ípema", com três sílabas, ou "ipma", com duas, estamos perante um acrónimo. Ambos os usos são corretos, embora a comunicação social documente ocorrências do acrónimo (cf. "Rocha e a meteorologia/ Cinco para Meia-noite/ RTP", Youtube, de 1 min 4 s a 1 min 14 s).

É de admitir que o uso acronímico de IPMA se afigure estranho, porque encerra um encontro consonântico – [pm] – nada frequente em português. Contudo, na variedade europeia, conhecida pela redução do vocalismo átono, não é impossível articular tal encontro, como bem atesta outra sigla, IAPMEI – Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação –, que, em Portugal, se articula geralmente como palavra simples, com a aberto e acento tónico na última sílaba, numa pronúncia sem tradição de censura normativa.

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Fonética; Morfologia Campos Linguísticos: Pronúncia; Abreviaturas