A grafia do advérbio alacremente - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A grafia do advérbio alacremente

No romance de Aquilino Ribeiro A Via Sinuosa, edição da Livraria Bertrand de 1960, surgiu-me a palavra "àlacremente", com esta grafia; a minha dúvida é se é esta a forma correcta de formar o advérbio de modo. Esta palavra não aparece no dicionário da Priberam.

Obrigado.

José Borges de Almeida Reformado Braga, Portugal 42

Até 1973, os advérbios de modo que derivavam de palavras que apresentavam um acento agudo – , histórico – mudavam esse acento para grave: sòmente, històricamente. O caso de àlacramente, derivado de álacre (= «muito alegre»), enquadra-se nesta regra; não poderá ser um erro, porque, como diz o consulente, ocorre numa edição de 1960, data anterior à referida alteração.

Em 1973, com o Decreto-Lei n.o 32/73, de 6 de fevereiro, esses advérbios de modo perderam o acento: somente, historicamente, alacremente.

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: advérbio