A diferença entre meio e médio - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A diferença entre meio e médio

Sobre os usos das palavras médio e meio, gostaria de saber o maior número de casos possíveis com o objeto de não me enganar.

Muito obrigada.

Esther Fuente Professora Miranda de Ebro, Espanha 9K

Embora remontem ao mesmo étimo latino (medius, usado como substantivo e adjetivo), as formas meio e médio são palavras divergentes que também contrastam semanticamente. A palavra meio é usada essencialmente como numeral fracionário («um meio»), substantivo («chegou ao meio da sala»), advérbio («está meio cansada»), enquanto médio se usa sobretudo como adjetivo («uma casa média»). Pode dizer-se que meio alude sempre a uma quantificação e à noção de «metade», enquanto médio remete para as dimensões de objetos ou outras realidades, nem pequenos nem grandes («o preço médio») ou a um valor central numa escala de avaliação («velocidade média», «temperatura média»). Estas palavras podem parecer convergir sempre que usadas como adjetivo, no sentido em que remetem para uma posição central, como acontece no caso da sinonímia entre  «meia altura» e «altura média» (Cf. Dicionário Houaiss). Mesmo assim, nota-se que a expressão «altura média» se aplica justamente em referência às dimensões de alguém ou alguma coisa, atribuindo-se a «meia altura» o significado de «a meio da altura total de um corpo ou um volume», ou seja, relativamente a uma fração de um dado valor. São estas as concluões que se podem retirar do confronto de meio com médio, conforme as definições das respetivas entradas no Dicionário Houaiss (Rio de Janeiro: Instituto Antônio Houaiss/Objetiva, 2001):

meio

«Numeral 1. Que ou o que é duas vezes menor que a unidade;

Substantivo masculino 2. Parte de uma coisa equidistante de seus bordos, do seu princípio e fim, de suas extremidades; metade. Ex.: "o meio de um capítulo"; 3. O centro de um espaço; lugar que dista igualmente de todos os pontos a seu redor. Ex.: "o meio de uma circunferência"; 4. Momento que separa em duas partes iguais um espaço de tempo considerado; metade. Ex.: "o meio da tarde"; 5. Aquilo que ocupa uma posição entre duas ou mais coisas. Ex.: "a janela do meio era menor que as outras"; 6. Possibilidade de fazer qualquer coisa; expediente, método, fórmula, receita, plano, maneira, modo. Ex.: "achar um meio de fazer fortuna"; 7. Aquilo que serve para ou permite alcançar um fim. Ex.: "será que o fim justifica os meios?"; 8. Conjunto de elementos materiais e circunstanciais que influenciam um organismo vivo. Ex.: "adaptação ao meio"; 9. Grupo social, como aquele estabelecido pela família, profissão, classe económica, contexto geográfico etc., a que pertence uma pessoa. Ex.: "meio familiar"; 10. Procedimento, objeto, instrumento que permite a realização de algo. Ex.: "meio de transporte"; 11. Bailado: conjunto de passos e exercícios trabalhados fora da barra, no centro da sala de aula; 12. Física: região espacial que contém ou não matéria e na qual ocorrem fenómenos físicos; 13. Físico-química: elemento material, substância ou ambiente, no seio do qual se produzem certos fenômenos; 14. Hipismo – regionalismo: Nordeste do Brasil. Marcha do cavalo mais apressada que a estrada e menos rápida que a bralha (marcha de passo rápido e suave dos cavalos de sela; meia-marcha); 15. Termo de marinha – regionalismo: Nordeste do Brasil. Cada um dos paus, os mais delgados, localizados no centro de uma jangada de seis paus [Na de cinco paus há apenas um meio.]; 16. Marnotagem: Cada uma das ordens em que são divididos os talhos das salinas; 17. Matemática: Designação que recebem o segundo e terceiro termos de uma proporção;

Substantivo masculino plural 18. Recursos financeiros; haveres, proventos. Ex.: uma pessoa que tem meios;

Adjetivo 19. Que indica a metade de um todo. Com valor equivalente à metade da quantidade de tempo expressa pelo substantivo. Ex.: "uma meia garrafa", "dois anos e meio"; 20. Que, por suas dimensões, natureza ou caráter, está em posição ou condição intermédia; meão, mediano, médio. Ex.: "uma mulher de meia altura"; 21. Que se apresenta de forma moderada; pouco intenso. Ex.: "um meio sorriso";

Advérbio 22. Por metade, não totalmente. Ex.: "uma tarefa meio acabada"; 23. Algo, um tanto, um pouco. Ex.: "hoje ela acordou meio tristonha".»

médio

«Adjetivo 1. Diz-se de grandeza definida como equidistante entre outras grandezas; 1.1.  Situado entre os extremos de um todo espacial. Ex.: "o curso médio de um rio"; 1.2. Que se situa entre duas partes extremas de um todo cronológico; 2. Que assinala um marco divisório. Ex.: "a linha média de um campo de futebol"; 3. Cujo nível é o da média geral (nem muito, nem pouco; nem grande, nem pequeno; nem longo, nem curto; nem largo, nem estreito); mediano, normal, comum, razoável. Ex.: "talento a médio prazo"; 3.1. Que, por suas dimensões, natureza ou caráter, está em posição ou condição intermédia; meão, mediano, meio. Ex.: "o médio caminho"; 4. Que assinala o meio-termo entre opiniões, ideias, pensamentos etc. opostos; 5. m. q. medieval; 6. Estatística: resultante de uma média estatística ou aritmética. Ex.: "a vida média de uma população"; 7. Fonética: diz-se de som vocálico em cuja articulação a língua está numa posição média dentro da boca, nem alta, nem baixa [p. ex., as vogais /é/, /ê/, /ó/, /ô/; 8. Gramática: em que o sujeito pratica sobre si mesmo ou em seu próprio proveito a ação verbal (diz-se de voz do verbo, presente p. ex. no grego); 9. Música: nem agudo, nem grave (diz-se do registro de sons ou da voz); 10. Pedagogia: diz-se do ensino logo acima do ensino fundamental e que é ministrado da primeira à terceira série (anteriormente denominado ensino de segundo grau) (aplica-se na realidade do Brasil);

Substantivo masculino 11. m. q. médium; 12. Futebol: cada um dos jogadores que atuam entre a defesa e a linha de ataque (médio-direito, médio-centro, médio-esquerdo, médio-volante);

Substantivo masculino plural 13. Tauromaquia: trechos da arena próximos ao centro.»

Sara Mourato
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: substantivo