A classificação do verbo magoar associado ao pronome reflexo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A classificação do verbo magoar associado ao pronome reflexo

Na frase «O João magoou-se», o verbo é transitivo ou intransitivo?

Célia Arruda Professora Caldas da Rainha, Portugal 294

O verbo magoar é geralmente transitivo («o choque/a notícia magoou muito a Joana») e a ocorrência de -se pode ser compreendida por esse comportamento, pelo que que se dirá que «magoou-se» também ilustra o uso transitivo do verbo.

No entanto, numa análise mais aprofundada, observa-se que o pronome reflexo se cancela de alguma forma a transitividade do verbo, razão pela qual certos linguistas consideram que é intransitivo um uso como «o João magoou-se», ou seja, trata-se de um uso próximo do valor inerente de se, conforme se refere no Dicionário Terminológico. Na Gramática da Língua Portuguesa (Caminho, 2003, pp. 841-843) encontra-se este assunto mais desenvolvido.

No contexto do ensino básico e secundário, talvez seja de evitar casos na fronteira entre o se efetivamente reflexo, que decorre da transitividade do verbo (ex. lavar-se), e o se de esquecer-se ou portar-se, casos em que o pronome é considerado meramente como parte da flexão verbal.

Carlos Rocha
Tema: DT (Dicionário Terminológico) Classe de Palavras: verbo
Áreas Linguísticas: Léxico; Sintaxe Campos Linguísticos: Anáfora/Co-Referência