Consultório - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Respostas Consultório Campo linguístico: Derivação
Maria Dias Professora Lisboa, Portugal 142

Gostaria de saber se poderei considerar as palavras garagem e manada como sendo derivadas por sufixação?

Muito obrigada.

Manuel Mouro Estudante Lisboa, Portugal 216

"Prelectivo" está correcto como adjectivação de prelecção? Se não, qual é o termo correcto?

Gastão Pinto Professor aposentado Lobão, Portugal 111

Lobão é uma freguesia do concelho de Santa Maria da Feira. Como se designam os habitantes e/ou naturais de Lobão – "lobanenses" ou "lobonenses"?

José Borges de Almeida Reformado Braga, Portugal 180

No romance de Aquilino Ribeiro A Via Sinuosa, edição da Livraria Bertrand de 1960, surgiu-me a palavra "àlacremente", com esta grafia; a minha dúvida é se é esta a forma correcta de formar o advérbio de modo. Esta palavra não aparece no dicionário da Priberam.

Obrigado.

Guilherme Carneiro Estudante Seixal, Portugal 210

Na Abertura de 16/11/2018, diz-se aí que a palavra mandonismo é um brasileirismo. Será mesmo?

Luís Pedrosa Santos Aposentado Caldas da Rainha, Portugal 105

Receio não conseguir acompanhar, neste caso, a opinião já expressa pelo saudoso e ilustre vernaculista Dr. José Neves Henriques.

Contratual será referente à condição de uma ou mais premissas de um contrato a estabelecer, ou já estabelecido, de cujas cláusulas se ajuíza da sua validez, exequibilidade, pertinência, legalidade, etc., a fim de um dado contrato poder ser aceite, juridicamente e pelas partes contraentes. A verbalização conferida pelo sufixo [-iz(ar)] tem o propósito de indicar a ideia de fazer que uma acção seja praticada. E a ideia tem como base o contrato; e não contratual/contratualidade (>contratualizar), que será a circunstância/condição de um exercício.

Assim, parece-me que – declinando contratualizar – deverá ser contrat(o) + iz(ar) >> contratizar que se me afigura mais escorreito: «acto de estabelecer contrato». Quando muito, tentando "salvar" o que já existe, contratualizar será «estabelecer condições pelas quais as cláusulas de um contrato sejam conformes à legalidade e interesses». Destarte, contratualizar = «atribuir a condição exigível para que algo possua contratualidade». Aceito que contratar nem sempre tenha o sentido de contratizar, visto esta acepção ter uma vertente mais formal.

Terei alguma "ponta" de razão? [...]

O meu muito obrigado pela atenção que possam conceder a esta dúvida e opinião.

Ana Isabel Oliveira da Silva Afonso professor Miranda do Corvo, Portugal 227

Significado da palavra paradocente?

Sérgio José Mira Seco Gestor Beja, Portugal 230

Fundilhar é um verbo da família de fundura (nome)?

Obrigado.

Maria Dias Professora Lisboa, Portugal 344

Posso aceitar pobre, em vez de pobr- como forma de base da palavra pobreza? Ou posso aceitar as duas?

Obrigada.

Susana Teresa Belo do Carmo Professora Famalicão, Nazaré, Portugal 344

Em primeiro lugar, um enorme agradecimento por este vosso espaço: um verdadeiro "Templo do Saber".

A minha dúvida prende-se com as palavras aritmética e dramaturgo que, no manual de Português com que trabalho atualmente, aparecem classificadas como sendo palavras compostas. Não consigo encontrar, na bibliografia que me costuma servir de apoio (gramáticas, dicionários e afins), qualquer explicação que suporte esta classificação. Estará correta? Se sim, quais os elementos que entram na composição de cada uma destas palavras?

Um grande bem-haja pela vossa disponibilidade e partilha.