Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«Posição sintáctica terminal» e «interpretação semântica composicional»

Agradeço que, com a vossa competência linguística, me digam o que significam as seguintes expressões que vi no meu livro de gramática e acerca das quais não fui até hoje suficientemente esclarecido:

«Posição sintáctica terminal.»

«Interpretação semântica composicional.»

Muito obrigado pela tão grande ajuda que dão a quem se interessa pela nossa língua.

Luís A. Silva Estudante Lisboa, Portugal 4K

Em sintaxe, é possível decompor os constituintes de uma frase em árvore, de forma, digamos, hierarquizada, partindo da frase no seu todo e identificando os diversos grupos, ou sintagmas, em nós sucessivos e descendentes, até chegar à palavra. A última posição, ou a mais baixa, na árvore é a posição sintá{#c|}tica terminal. Se a sua gramática faz referências deste tipo, também tem esquemas de frases em árvore que lhe vão permitir visualizar uma estrutura de difícil representação aqui.

Há, em português, como noutras línguas, palavras cujo sentido varia dependendo da frase em que ocorrem, ou seja, do contexto linguístico. Vejamos, por exemplo, as frases:

1 – «Deixa-me em paz!

2 – «Ela deixou o filho na creche.»

3 – «Ela deixou o filho ir ao cinema.»

Repare que, nas três frases, o verbo deixar não tem exa{#c|}tamente o mesmo sentido. Em 1, poderá ser algo do tipo «não me importunes»; em 2, «entregou, colocou à guarda de», e em 3, «permitiu». Da investigação que fiz, creio poder dizer que o que acabo de fazer é uma interpretação semântica composicional, ou seja, estou a atribuir a uma dada palavra o sentido que me parece adequado, tendo em conta a composição das frases em que essa palavra ocorre.

Edite Prada
Tema: Uso e norma