Porquê/«por quê» e a vírgula - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Porquê/«por quê» e a vírgula

«É um cara meio esquisito, devo admitir, mas legal. Mesmo assim, você bateu nele! Por quê essa violência toda?»

Na frase acima, o acento circunflexo em «por quê» está correto? Não deveria haver uma vírgula marcando a elipse do verbo («Por quê, essa violência toda?»).

Obrigado.

Fernando Bueno Engenheiro Belo Horizonte, Brasil 5K

Não é hábito usar «por quê» (em Portugal, porquê) seguido de vírgula à cabeça duma interrogativa sem verbo:

1) «Por quê a crise?»

No português europeu, também não se usa vírgula quando porquê é seguido de verbo no infinitivo:

2) «Porquê insistir nessa solução?»

A versão brasileira de 2) será «por que insistir nessa solução», em que se usa a locução interrogativa «por que».

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: advérbio