O verbo duelar - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
O verbo duelar

«Petro [de Luanda][Primeiro] ´"D'Agosto" vão "duelar" esta tarde» – ouvi há dias numa rádio angolana, por regra sempre muito inventiva no léxico usado. Em Portugal, no chamado futebolês, usa-se muito o substantivo duelo. Por exemplo: no jogo tal, a equipa Y ganhou (ou perdeu) os principais duelos individuais. Alguém das minhas relações duvidou do acerto do uso do verbo, embora eu tenha opinião contrária: duelo + ar = duelar.

Estou certo ou errado?

Muito obrigado.

Armando Dias Reformado Lagos, Portugal 63

Duelar é um verbo legítimo – i.e., é palavra bem formada – no sentido de «combater». Trata-se de um verbo que é resultado da derivação ou conversão do substantivo duelo, por adjunção da terminação de infinitivo (-ar).

Duelar já tem registo dicionarístico. Por exemplo, o Dicionário Houaiss regista o verbo duelar com as seguintes aceções:

«verbo transitivo indireto e intransitivo 1 combater (duas pessoas) à mão armada, segundo regras específicas, por desafio, motivo de honra etc. Ex.: <duelou com o adversário até matá-lo> <com espadas, os mosqueteiros duelavam por profissão> transitivo indireto e intransitivo;2 Derivação: sentido figurado. confrontar (idéias, forças etc.); bater-se Ex.: <duelaram diversas vezes no tribunal> <os pilotos duelavam pela primeira e segunda posições>»

Esta definição é também confirmada pela versão eletrónica do dicionário de Caldas Aulete:

«duelar 2 v. intr. e pr. || travar duelo: Outra lenda faz os dois encontrarem-se na sombra... e se duelarem. ( Afrânio Peixoto, Maias e Estevas, p. 307, ed. 1940.) F. Duelo.»

A forma duelar pode também ser um adjetivo, com o significado de «relativo a duelo».

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: verbo