O agradecimento «bem hajas» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O agradecimento «bem hajas»

Pode escrever-se «bem hajas», se trato por tu a pessoa a quem me estou a referir ?

Teresa Vasconcelos Docente Funchal, Portugal 42

Bem hajas é a forma a usar com uma pessoa que tratamos por tu.

As fórmulas de agradecimento bem haja e bem hajam têm uso frequente no centro de Portugal. Note-se, contudo, que o verbo haver, empregado com o significado já arcaico de «ter, entrar em posse», terá de ser conjugado em função da forma de tratamento: se à pessoa a quem se agradece se dispensa o tratamento de você (pronome muitas vezes não explícito,  como é típico em Portugal), a fórmula concorda na 3.ª pessoa, e diz-se «bem haja». Mas, ocorrendo tu, a fórmula terá de concordar e assumir a forma «bem hajas», como bem ilustra o seguinte diálogo, extraído do romance O Aço mudou de Têmpera, do escritor português Manuel do Nascimento (1912-1966):

(1) – Vais à vila?

     – Vou, sim.

     – Podes pagar-me isto lá na Câmara? – e tirou da algibeira um papel amarelo.

     – Posso, sim.

    O outro abriu a carteira e entregou-lhe uma nota de vinte escudos e algumas moedas.

    –Tinham-me dito ontem que ias à Vila. Bem hajas.

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: locução