Contracções (preposição + pronome/determinante, pronome + pronome) - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Contracções (preposição + pronome/determinante, pronome + pronome)

Remeto-vos uma lista de contrações de partículas ou elementos gramaticais.

Gostaria de saber se essas contrações e as suas correspondentes formas extensas equivalem-se em tudo, podendo ser usadas umas pelas outras indistintamente em qualquer caso, ou se há ocasiões em que se deve usar a contração e não a forma extensa e vice-versa. Há, porventura, regras para regular o emprego de ambas as construções?

Se a lista estiver incompleta, por favor, querei completá-la, mas apenas com contrações de palavras gramaticais. Contrações do tipo água + ardente = aguardente não me interessam.

Como podereis notar, alguns vão seguidos de um ponto de interrogação: são aqueles que não sei se existem mesmo.

Muito obrigado.

Aqui vai a lista:

AQUELA OUTRA / AQUELOUTRA

AQUELAS OUTRAS / AQUELOUTRAS

AQUELE OUTRO / AQUELOUTRO

AQUELES OUTROS / AQUELOUTROS

AQUILO OUTRO / AQUILOUTRO

COM A / CO'A

COM AS / CO'AS

COM O / CO'O

COM OS / CO'OS

COM UM/ CUM

COM UNS / CUNS

COM UMA / CUMA?

COM UMA / CUMAS?

DE A / DA

DE AS / DAS

DE ACOLÁ / DACOLÁ

DE AGORA / DAGORA

DE AÍ / DAÍ

DE ALÉM / DALÉM

DE ALGUÉM / DALGUÉM

DE ALGUM / DALGUM

DE ALGUNS / DALGUNS

DE ALGUMA / DALGUMA

DE ALGUMAS / DALGUMAS

DE ALGURES / DALGURES

DE ALHURES / DALHURES

DE ALI / DALI

DE ANTES / DANTES

DE AQUELA / DAQUELA

DE AQUELAS / DAQUELAS

DE AQUELE / DAQUELE

DE AQUELES / DAQUELES

DE AQUELOUTRA / DAQUELOUTRA

DE AQUELOUTRAS / DAQUELOUTRAS

DE AQUELOUTRO / DAQUELOUTRO

DE AQUELOUTROS / DAQUELOUTROS

DE AQUÉM / DAQUÉM

DE AQUI / DAQUI

DE AQUILO / DAQUILO

DE ELA / DELA

DE ELAS / DELAS

DE ELE / DELE

DE ELES / DELES

DE ENTRE / DENTRE

DE ESSA / DESSA

DE ESSAS / DESSAS

DE ESSE / DESSE

DE ESSES / DESSES

DE ESTA / DESTA

DE ESTAS / DESTAS

DE ESTE / DESTE

DE ESTES / DESTES

DE ISSO / DISSO

DE ISTO / DISTO

DE O / DO

DE OS / DOS

DE ONDE / DONDE

DE ORA AVANTE / DORAVANTE

DE OUTRA / DOUTRA

DE OUTRAS / DOUTRAS

DE OUTREM / DOUTREM

DE OUTRO / DOUTRO

DE OUTRORA / DOUTRORA

DE OUTROS / DOUTROS

DE UM / DUM

DE UNS / DUNS

DE UMA, DUMA

DE UMAS / DUMAS

DESSA OUTRA / DESSOUTRA

DESSAS OUTRAS / DESSOUTRAS

DESSE OUTRO / DESSOUTRO

DESSES OUTROS / DESSOUTROS

DESTA OUTRA / DESTOUTRA

DESTAS OUTRAS / DESTOUTRAS

DESTE OUTRO / DESTOUTRO

DESTES OUTROS / DESTOUTROS

EM A / NA

EM AS / NAS

EM ACOLÁ / NACOLÁ?

EM ALGUÉM / NALGUÉM

EM ALGUÉM / NALGUÉM

EM ALGUM / NALGUM

EM ALGUM / NALGUM

EM ALGUMA / NALGUMA

EM ALGUMA / NALGUMA

EM ALGUMAS / NALGUMAS

EM ALGUMAS / NALGUMAS

EM ALGUNS / NALGUNS

EM ALGUNS/ NALGUNS

EM ALHURES / NALHURES?

EM AQUELA / NAQUELA

EM AQUELAS / NAQUELAS

EM AQUELE / NAQUELE

EM AQUELES / NAQUELES

EM AQUI / NAQUI?

EM AQUILO / NAQUILO

EM ESSA / NESSA

EM ESSAS / NESSAS

EM ESSE / NESSE

EM ESSES / NESSES

EM ESTA / NESTA

EM ESTAS / NESTAS

EM ESTE / NESTE

EM ESTES / NESTES

EM ISSO / NISSO

EM ISTO / NISTO

EM O / NO

EM OS / NOS

EM OUTRA / NOUTRA

EM OUTRAS / NOUTRAS

EM OUTREM / NOUTREM

EM OUTRO / NOUTRO

EM OUTRORA / NOUTRORA

EM OUTROS / NOUTROS

EM UM / NUM

EM UMA / NUMA

EM UMAS / NUMAS

EM UNS / NUNS

ESSA OUTRA / ESSOUTRA

ESSAS OUTRAS / ESSOUTRAS

ESSE OUTRO / ESSOUTRO

ESSES OUTROS / ESSOUTROS

ESTA OUTRA / ESTOUTRA

ESTAS OUTRAS / ESTOUTRAS

ESTE OUTRO / ESTOUTRO

ESTES OUTROS / ESTOUTROS

ISSO OUTRO / ISSOUTRO?

ISTO OUTRO / ISTOUTRO

LHE A / LHA

LHE AS /LHAS

LHE O / LHO

LHE OS / LHOS

MAIS LA / MAILA

MAIS LAS / MAILAS

MAIS LO / MAILO

MAIS LOS / MAILOS

ME A / MA

ME AS / MAS

ME O / MO

ME OS / MOS

NÃO É / NÉ

NAQUELA OUTRA / NAQUELOUTRA

NAQUELAS OUTRAS / NAQUELOUTRAS

NAQUELE OUTRO / NAQUELOUTRO

NAQUELES OUTROS / NAQUELOUTROS

NAQUILO OUTRO / NAQUILOUTRO

NESSA OUTRA / NESSOUTRA

NESSAS OUTRAS / NESSOUTRAS

NESSE OUTRO/ NESSOUTRO

NESSES OUTROS / NESSOUTROS

NESTA OUTRA/ NESTOUTRA

NESTAS OUTRAS / NESTOUTRAS

NESTE OUTRO / NESTOUTRO

NESTES OUTROS / NESTOUTROS

PARA / PRA

PARA A / PRA

PARA O / PRO (PRÓ, EM PORTUGAL)

PER LA / PELA

PER LAS / PELAS

PER LO / PELO

PER LOS / PELOS

POR LA / POLA

POR LAS / POLAS

POR LO / POLO

POR LOS / POLOS

SOBRE LA / SÔBOLA

SOBRE LAS / SÔBOLAS

SOBRE LO / SÔBOLO (arcaísmo)

SOBRE LOS / SÔBOLOS

TE A / TA

TE AS / TAS

TE O / TO

TE OS / TOS

E ainda:

A (PREPOSIÇÃO) + AQUELE(S) = ÀQUELE(S)

A (PREPOSIÇÃO) + AQUELA(S) = ÀQUELA(S)

A (PREPOSIÇÃO) + AQUILO = ÀQUILO

A(preposição) + A(S) (artigo definido feminino singular ou plural): ÀS

Os arcaísmos pera e pero também devem ser considerados como contrações?

Ney de Castro Mesquita Sobrinho Vendedor Campo Grande, Brasil 21K

A pergunta que é feita pede exaustividade, mas o tema revela-se vasto, e o Ciberdúvidas está, em princípio, vocacionado para abordar tópicos mais limitados. Mesmo assim, procurar-se-á veicular informação que permita aos interessados aprofundar o estudo das combinações ou contracções possíveis em português.

Como a maioria das contracções em causa envolve artigos, pronomes e determinantes (ou pronomes adjectivos na Nomenclatura Gramatical Brasileira) cujas formas de feminino e plural são sobejamente conhecidas, quase sempre me referirei apenas à forma de masculino e à forma que corresponde a um antigo neutro latino (p. ex., isto, isso, aquilo). O mesmo se aplica à contracção de pronomes, porque abrangem só pronomes dativos e pronomes acusativos (o, a), tendo estes a mesma forma que o artigo definido.

1. Contracções correntes e admitidas pela norma

1.1. A

ao/à, àquele, àquilo, àqueloutro

1.2. De

do, dum, dele, deste, desse, daquele, disto, disso, daquilo, doutro, destoutro, dessoutro, daqueloutro, dalgum, dalguém, dalém, dalgures, dalhures, dalgo, dantes, dali, daí, daquém, dentre, donde, doravante, doutrora.

N.B.: Dum, doutro, dalgum, dalguém, dalém, dalgures, dalhures, dalgo, daquém, dentre, doravante, doutrora coexistem com de um, de outro, de algum, de alguém, de algures, de algo, de aquém, de entre, de ora avante, de outrora. Distingue-se de antes (= «anterior») de dantes (= «antigamente»).

1.3. Em

no, num, nele, neste, nessenaquele, nisto, nisso, naquilo, noutronoutrem, nestoutro, nessoutro, naqueloutro, nalgum.

N. B.: Com a excepção de no, as outras contracções coexistem com formas analíticas (nalgum/em algum; cf. Dicionário Houaiss). Embora não se use, as fontes consultadas atestam nalguém.

1.4. Por (per em contracções)

pelo

1.5. Me, te, lhe (objecto indirecto) + o/a (objecto directo)

mo, to, lho

N. B.: Existem também as formas hifenizadas no-lo e vo-lo.

1.6. Determinante demonstrativo + pronome indefinido:

estoutro, essoutro, aqueloutro (coexistentes com as formas analíticas este outro, esse outro, aquele outro).

N. B.: Não se encontram atestados nem são aceitáveis "istoutro", "issoutro", "aquiloutro".

2. Contracções de uso restrito

2.1. Contracções arcaicas ou populares

Há contracções que só em casos especiais são admitidas, como seja a necessidade de reproduzir a língua coloquial ou certos registos conservadores, populares ou não:

com + o (artigo definido e pronome), um: co, coa; cum, cuma

pra
(redução de para) + o (artigo definido e pronome): prò, prà (português europeu); pro, pra (português brasileiro)

mais + o (artigo definido e pronome): mailo (variante malo)

não + é (verbo ser): (cf. Dicionário Houaiss)

2.2. Contracções arcaicas

ambos + os (artigo definido e pronome): âmbolos

ca (conjunção comparativa; = do que) + o (artigo definido e pronome): ,

de + antre (forma arcaica de entre): dantre

dês (= desde): delo, dela

por: polo

sobre (sôber e sôbor em contracções) + o: sôbelo, sôbolo

 

todo + o: tôdolo

4. Contracções não atestadas e não aceitáveis

"naqui", "nacolá", "nalhures", "noutrora", "noutrem", "naquiloutro", "nalhures", "naqui"

5. Os arcaísmos pera e pero não são contracções, pelo menos, no âmbito da dicronia e da sincronia do português como língua autónoma. A palavra pera é uma preposição, enquanto pero é uma conjunção.

Fontes: Rebelo Gonçalves, Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra, Coimbra Editora, 1966) e Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (Lisboa, Atlântida, 1947); Dicionário Houaiss; Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (5.ª edição, 2009) da Academia Brasileira de Letras.

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: preposição