Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Conectores

Gostaria de saber quais os conectores que são normalmente utilizados no discurso oral e os que são utilizados no discurso escrito.

Maria João Carvalho Professora Portugal 3K

Em linguística distribucional, o conector é um operador susceptível de fazer de duas frases uma só frase transformada. Assim, o morfema se é um conector na transformação: «A minha Mulher vem, eu fico contenteEu fico contente se a minha Mulher vem (ou vier)». O verbo ser (neste caso ficar) é por vezes qualificado de conector. Os mesmos conectores podem, em princípio, usar-se nos dois discursos, mas não esquecer que o discurso oral não permite voltar atrás, nem ao emissor, nem ao receptor ou destinatário; em compensação, dispõe de meios linguísticos, paralinguísticos e extralinguísticos desconhecidos do discurso escrito (a intonação, as mímicas, os gestos). O discurso escrito é um modo de comunicação menos «afectivo», menos «espontâneo», mais distanciado que o discurso oral.

F. V. Peixoto da Fonseca