Concordância com «um terço» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Concordância com «um terço»

Gostava de saber como se deve fazer a seguinte concordância nesta frase:

«Um terço das portuguesas é iletrado»
«Um terço das portuguesas é iletrada»
«Um terço das portuguesas são iletradas»

A minha dúvida é, pois, saber como deve fazer-se a concordância verbal: com «um terço» (e, neste caso, no masculino ou no feminino) ou o termo preposicional «das portuguesas».
Julgo que a regra será como o que aqui no Ciberdúvidas se escreveu sobre frases com percentagem ou com «maioria»/«maior parte», mas, confesso, no caso em apreço ainda não estou esclarecido.
Muito obrigado.

João Carlos Rodrigues Gerente comercial Lisboa, Portugal 3K

Há duas opções:

«Um terço das portuguesas é iletrado»
«Um terço das portuguesas são iletradas»

Na primeira temos a concordância sintáctica, seguindo a regra que prevê que o predicado concorda com o núcleo do grupo nominal que preenche o sujeito. No caso, o núcleo do sujeito «um terço das portuguesas» é «um terço», logo o predicativo do sujeito vai também para o singular.

Na segunda temos a concordância semântica (silepse), a qual consiste em fazer o predicado concordar não com o núcleo, mas sim com o seu complemento, uma vez que é este que, semanticamente, identifica a noção que preenche a posição de sujeito; por outras palavras, «as portuguesas» é, de facto, o tema acerca do qual a frase predica, porque «um terço de» é uma expressão quantificadora tal como «três» ou «algumas portuguesas». Nestes casos, a concordância não encontra problema porque o núcleo do sujeito é também o tema da frase.

A frase excluída «Um terço das portuguesas é iletrada», por agramatical ou inaceitável, não consegue corresponder a estas duas opções, porque procurando a concordância em género, não pode legitimar o singular nem com «um terço» (porque masculino singular), nem com «as portuguesas» (porque, embora feminino, é plural).

Carlos Rocha
Campos Linguísticos: Contrastes de género; Concordância