As funções sintáticas e os verbos de ligação - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
As funções sintáticas e os verbos de ligação

Gostaria de saber se é correto atribuir função sintática a verbos de ligação.

Em classe, oriento [dizendo] que qualquer verbo de ligação apresenta função copulativa e que, em função disso, não apresenta função sintática; no entanto tal orientação foi refutada quando a mim foi dito que a nomenclatura "verbo de ligação" indica a função sintática do verbo.

Como não consegui confirmar essa informação em gramáticas, gostaria de receber uma impressão para seguir.

Obrigado.

Marcelo da Silva Almeida Professor Barueri, Brasil 42

A gramática considera que há verbos de natureza diferente, havendo, neste sentido, diferentes propostas de classificação: verbos plenosverbos funcionais e verbos auxiliaresverbos principais e verbos auxiliares; verbos transitivosintransitivos e copulativos, entre outras propostas, mas isto o consulente sabe já, sem dúvida.

Em si, o verbo não é uma função sintática, embora já tenha havido propostas no sentido de atribuir ao verbo a função de predicado. Nessas propostas, considerava-se, no entanto, que os verbos de ligação, só por si, não preenchiam totalmente esse requisito, pelo que tinham que ser considerados em bloco com o predicativo do sujeito. Assim, na referida proposta, seriam predicado: «está bem», «é simpático», «parece aborrecido», etc.

É geralmente aceite, mais recentemente, a ideia de que o verbo copulativo, ou de ligação, forma o predicado combinado com o predicativo do sujeito e eventuais modificadores do grupo verbal, não sendo aquele o elemento nuclear.

Assim, por via de norma, não se atribui uma função sintática ao verbo, isoladamente: ele é o núcleo de um predicado (função sintática), que poderá ser classificado de predicado verbal, predicado nominal ou ainda predicado verbo-nominal, dependendo do tipo de verbo.

As designações que utiliza, «função copulativa» e «função sintática», parecem denotar a existência de uma dicotomia, no mínimo, pouco conhecida ou pouco divulgada, pois as gramáticas consultadas não a mencionam. Ou então, estas duas noções devem ser clarificadas.

Sempre ao dispor, esperando ter sido útil.

Diamantino Antunes