A repetição da preposição, na função de agente da passiva composto - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A repetição da preposição, na função de agente da passiva composto

Numa enumeração de várias palavras antecedidas pelo ablativo «pelo», este tem de ser repetido ou é usado apenas antes da primeira palavra e nas seguintes usa-se o artigo definido? Por exemplo, «a casa foi usada pelo Pedro, pela Fernanda e pela Vitória» ou «a casa foi usada pelo Pedro, a Fernanda e a Vitória»?

Grato

Pedro Bicker Tradutor Gouveia, Portugal 1K

    A expressão em apreço desempenha a função de complemento agente da passiva, introduzido pela preposição por, sendo possível a ocorrência de vários termos coordenados: «a casa foi usada pelo Pedro, a Fernanda e a Vitória». Neste caso, parece um pouco estranha devido ao facto de os elementos coordenados serem vários e de géneros diferentes. Veja-se como seria mais aceitável uma frase como «A casa foi usada por pais e filhos durante décadas.», que apresenta igualmente termos coordenados e ligados à preposição.

    No entanto, afigura-se-nos mais correta a repetição da preposição (contraída com o respetivo determinante artigo definido) que, justamente por se tratar do complemento agente da passiva, como atrás foi referido, o introduz obrigatoriamente: «a casa foi usada pelo Pedro, pela Fernanda e pela Vitória».

Aura Figueira
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: preposição
Áreas Linguísticas: Sintaxe Campos Linguísticos: Funções sintácticas