A forma de tratamento vocês, o pronome átono vos e o possessivo vosso (II) - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A forma de tratamento vocês, o pronome átono vos e o possessivo vosso (II)

Tenho imensas dúvidas em relação às formas pronominais correspondentes a um sujeito vocês. Na minha gramática unicamente aparecem como formas pronominais para este sujeito as formas de complemento direto – os/as – e a forma de complemento indireto – lhes. Porém, eu sempre ouvi para ambos os casos o pronome vos, o qual segundo a gramática corresponde unicamente a um sujeito vós. Então, que é o correto para um sujeito vocês:

a) «queria comunicar-lhes a notícia», ou «queria comunicar-vos a noticia»?

b) «gostava que o professor lhes desse uma boa nota», ou «vos desse uma boa nota»?

c) «encontrei-os na rua (a vocês)», ou «encontrei-vos na rua»?

E a mesma dúvida para o caso dos possessivos:

d) «os vossos livros (de vocês) são caros», ou «os seus livros são caros»?

Qual é o correto e como se deveria ensinar?

Muito obrigada e parabéns pelo maravilhoso site.

Maria Aparicio Frade Estudante Badajoz, Espanha 1K

Nas gramáticas descritivas contemporâneas 1, o pronome você é incluído no sistema de pronomes português, numa opção que dá conta do uso muito generalizado deste pronome, em substituição do pronome vós, cuja vitalidade parece diminuir gradualmente.

O pronome você tem, contudo, especificidades que o distinguem dos pronomes ditos tradicionais, na medida em que se associa a duas pessoas distintas. Você designa, por um lado, a pessoa com quem se fala (2.ª pessoa). Esta é a pessoa semântica de você, que se refere ao interlocutor. Por outro lado, surge com verbos conjugados na 3.ª pessoa. Esta é a pessoa gramatical de você. É a pessoa gramatical que determina que a série de pronomes associados a você seja, no singular, você, o/a, lhe, se, si, consigo e, no plural, vocês, os/as, lhes, se2. Assim, as opções adequadas a este esquema serão:

(1) «Queria comunicar-lhes a notícia.» (= -vos)

(2) «Gostava que o professor lhes desse uma boa nota.» (= vos)

(3) «Encontrei-os na rua.» (= -vos)

Por uma questão de coerência, também os possessivos deverão ser utilizados na 3.ª pessoa gramatical.

Não obstante, como se refere na Gramática do Português (Fundação Calouste Gulbenkian, 2013), «para alguns falantes, as formas os/as (de complemento direto) e lhes (de complemento indireto) podem alternar com a forma vos […], vocês não fizeram nada ao professor, mas ele pôs-vos de castigo, e […], vocês gostavam que o professor vos desse uma boa nota?. Como complemento da preposição com, pode ocorrer convosco: […] vocês gostavam que ele viesse convosco?» (nota, 39, p. 901).

Significam estas afirmações que ambas as opções apresentadas pela consulente são válidas e a coexistência de ambas as opções denota que, em termos linguísticos, se vive um período de instabilidade que necessitará do seu tempo até encontrar uma opção que fará parte da norma europeia da língua portuguesa. Diga-se, todavia, que, num discurso mais cuidado e formal, os falantes têm tendência a evitar a utilização do pronome você, preferindo formas mais neutras.

O Ciberdúvidas agradece as palavras gentis que lhe endereça. Disponha sempre!

1. Cf., por exemplo, Raposo et.al, Gramática do Português. Fundação Calouste Gulbenkian, 2013, p. 902.

 2. Cf. Id. Ibidem, p. 901. 

Carla Marques
Tema: Formas de tratamento Classe de Palavras: pronome
Áreas Linguísticas: Discurso/Texto Campos Linguísticos: Deixis