Pares Difíceis da Língua Portuguesa - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Pares Difíceis da Língua Portuguesa
Sandra Duarte Tavares e Sara de Almeida Leite
Planeta Manuscrito, 2015 5K   

Livro de Sandra Duarte Tavares e Sara de Almeida Leite, docentes do Instituto Superior de Educação e Ciências e consultoras do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. Transcreve-se a sinopse que as autoras disponibilizam no blogue que mantêm, Língua à Portuguesa.

 

Já alguma vez hesitou, quando estava prestes a utilizar a palavra renitente, e considerou que talvez fosse mais adequado dizer reticente? Sabe qual a diferença entre os verbos deferir e diferir? Nunca teve dúvidas sobre os contextos em que as palavras cota e quota podem ser sinónimas? E nunca se atrapalhou na escrita de palavras homófonas, como estrato e extrato?

É bem conhecida a semelhança que existe entre certas palavras, às quais se dá o nome de parónimos, cujas parecenças – que abrangem a pronúncia e a grafia – levam a que se torne muitas vezes difícil diferenciá-las e empregá-las com rigor e propriedade em todas as ocasiões.

Em linguagem rigorosa e acessível, este livro apresenta os significados de 320 pares de palavras que se confundem com frequência, podendo assim ajudar os leitores a fazer a melhor opção, de acordo com o que pretendem dizer ou escrever, por exemplo entre à e , de baixo e debaixo, descriminar e discriminar, diagnóstico e prognóstico, florescente e fluorescente, obsessão e obcecação, porque e por queremição e remissãosedeada e sediada, etc., etc., etc... [...]

 

Cf10 pares difíceis da língua portuguesa