Amílcar Caffé - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Amílcar Caffé
Amílcar Caffé
3K

Amílcar Caffé é jornalista. Mestre em Literaturas Modernas.

 
Textos publicados pelo autor

Segundo o Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa, o significado de poia é «excrementos humanos». Acredito que o termo poioca possa ser uma variação dessa palavra e foi utilizado para substituir a utilização popular da palavra merda, que se encaixa em todos esses sentidos.

O termo matilha vem de grupo de cães de caça, que batiam o mato em busca de presas. Já o coletivo de lobos é alcateia. Segundo o Dicionário Aurélio, na variante brasileira do idioma, pode-se aceitar matilha como sinônimo de alcateia quando utilizado para referir-se a um grupo de submarinos que operam juntos ofensivamente. Nesse caso, esse significado não se aplica, pelo que a observação feita pelo José Carlos é correta.

N. E. – Com o Acordo Ortográfico de 1990, a grafia brasileira alcatéia passa a alcateia (resposta atualizada em 15/10/2014).

A utilização do artigo nesses casos é definida pela forma como se encontra nos nomes dos diversos órgãos públicos, que tem como função seguir o que foi determinado legalmente no processo de constituição do estado como unidade federativa autónoma. Assim, tanto o Tribunal de Justiça, a Secretaria da Fazenda, o Ministério Público, o Detran e outros referem-se ao estado como o Tocantins, com artigo.

A forma correcta de escrever o valor acima é «duzentos e vinte e quatro milésimos de real». É importante ter em conta que a unidade é o real, e o termo centavo vem de «cem avos», ou seja, o denominador de uma divisão de um número inteiro por cem em que o resultado seja duas casas à direita da vírgula – ou seja, uma forma diferenciada de dizer centésimos. Em Portugal, ao adoptarem o euro, convencionou-se chamar aos seus centésimos de cêntimos.

Com um óculo, só um olho vê. Vinda do latim, ‘oculu’ é a palavra que resultou em olho. Como instrumento para auxiliar a visão, temos o monóculo (um olho) ou os óculos, normalmente referidos por um par de óculos – talvez daí venha a confusão e o erro comum.