Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Água, esse nosso tão «precioso líquido»,
em foco no Cuidado com a Língua!
2.ª-feira, dia 13 de novembro, na RTP1*
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 228

No cenário natural do Aqueduto das Águas Livres de Lisboa e do Museu dos Barbadinhos decorre este novo episódio da 10.ª série do magazine Cuidado com a Língua! (o quarto), à volta do tema do "precioso líquido” – ainda mais valioso nestes ásperos tempos de «seca extrema» em Portugal. Veremos nele como tudo começou para o regular abastecimento de água potável na capital portuguesa e as suas marcas no que falamos e escrevemos em português, hoje em dia. Por exemplo, a origem da própria palavra água e os seus muitos significados. E porque é que há quem diga "áuga" e "iágua”? E os muitos provérbios com ela relacionados? E de onde, e desde quando, nos chegou o termo chafariz? E ainda: a diferença semântica do verbo bombar em Portugal, em Angola e no Brasil; ou a confusão generalizada entre perda e perca; ou quanto ao emprego da forma verbal «precisa-se de...». Na segunda-feira, dia 13/11, no primeiro canal da RTP, depois das 21h00*

* Hora oficial de Portugal continental, com repetição nos demais canais da televisão pública portuguesa; ficando depois acessível, também, na aplicação RTP Play.