Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Atropelos à língua portuguesa

A propósito da nova série da RTP 1 7 maravilhas de Portugal – Aldeias, [...] anexo uma foto da histórica Piódão, onde se constata o erro, demasiado comum, de "misturar"/confundir as unidades temporais e goniométricas minuto e segundo, ambas sexagesimais, mas totalmente diferentes.

Essas unidades têm, respectivamente, os símbolos <min> e <s> / <'> e <">.

Como se vê na foto anexa, <0h 55">, <0h 45"> e <1h 05"> NÃO É NADA!

Do mesmo modo, o símbolo do "quilómetro" é <km>, com k minúsculo, e não maiúsculo!

Estas duas situações anteriores são demasiado frequentes, quer nas TV, quer na imprensa escrita.

Já agora, outras situações que aproveito para relatar:

(a) É muito frequente a RTP omitir, nas legendas, a acentuação gráfica de algumas palavras, bem como as partículas de ligação (por exemplo, de, ...).

(b) Também é "normal", muitas vezes, em rodapé, surgirem entre aspas (logo, assumido como citação!), frases que não correspondem ao que, na realidade, se está simultaneamente a ouvir!

(c) E que tal, estes abusos falados?

– "tava", "tar", "teve", "tá", "tou", em vez das formas correctas do verbo estar;

– "tamém", em lugar de também;

– "péra", em vez de espera;

– "pa", "pó", em vez da preposição para;

– "só pá ver", em lugar de «só para haver»;

– etc.

Ângelo A. Vaz Portugal 733

Agradece-se o contributo do consulente.

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa