Sobre a contração dele(s)/dela(s) - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Sobre a contração dele(s)/dela(s)

Na frase «O livro é deles», qual é a classe morfológica de deles?

Pronome possessivo, ou pronome pessoal contraído?

Maria Manuela Salvador Cunha Professora aposentada Porto, Portugal 42

As formas dele(s) e dela(s) não têm uma classe de palavras própria.

São grupos preposicionais constituídos pela preposição de e pelos pronomes tónicos ele(s) e ela(s), ou seja, trata-se de contrações. Sobre estas formas, observa a Gramática do Português (Fundação Calouste Gulbenkian, 2013, pág. 906):

«Na 3. pessoa canónica, os pronomes possessivos são equivalentes a sintagmas preposicionais introduzidos pela preposição de seguida da forma oblíqua do pronome: ou seja, o seu pai é equivalente a o pai dele, a o pai dela, a o pai deles ou a o pai delas

Obs.: Na citação, por «3.ª pessoa canónica» pretende-se referir o possessivo que corresponde aos pronomes pessoais de 3.ª pessoa, cuja forma de sujeito é ele, ela, eles e elas; por «forma oblíqua», entende-se a forma que o pronome pessoal tem depois de preposição; ex.: «por mim» (eu), «em ti» (tu), «sobre ele» (ele – são iguais a forma preposicionada e a de sujeito).

Carlos Rocha
Tema: DT (Dicionário Terminológico) Classe de Palavras: preposição
Áreas Linguísticas: Gramática; Sintaxe