«Roubaram-me os sapatos» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«Roubaram-me os sapatos»

Será que é certo o uso da construção «roubaram-me meus sapatos».

Luís Ali Muangil Professor Lichinga, Moçambique 42

A construção «roubaram-me meus sapatos»1 é redundante, no entanto não deixa de ser aceite, pelo menos na oralidade. Na escrita, evita-se esta construção porque estamos a referir por duas vezes a pertença dos sapatos. Em lugar disso, podemos optar pelas construções «roubaram-me os sapatos», onde o objeto pronominal me indica posse, assumindo-se assim como um dativo de posse; ou ainda a construção «roubaram meus sapatos»1, onde temos presente a pronome possessivo meus. 

1 Em português europeu o pronome possessivo vem sempre acompanhado de artigo, o mesmo podendo não acontecer nas restantes variedades, onde é comum a omissão deste. Em português do Brasil, por exemplo, ocorre com frequência o pronome possessivo sem artigo. 

Sara Mourato
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: pronome
Áreas Linguísticas: Semântica; Sintaxe