Os nomes sobrecomuns, comuns de dois e epicenos e o Dicionário Terminológico

Os nomes sobrecomuns, comuns de dois e epicenos já não aparecem no Dicionário Terminológico (DT), no entanto, os novos manuais de 10.º, que, supostamente, estão de acordo com o DT, apresentam estas classes do nome. Gostava de saber se se mantêm ou não estas classes de palavras.

Rosélia Quintal Fonseca, Professora Funchal, Portugal 2K

Aparecem, sim!

B. Linguística Descritiva

B.2. Morfologia

B.2.2. Morfologia flexional

B.2.2.1. Flexão nominal e adjectival

Categorias relevantes para a flexão de nomes, determinantes, pronomes e adjectivos:

Género

«Categoria morfossintáctica que está presente em todos os nomes, em alguns adjectivos (os adjectivos biformes) e em alguns pronomes. Em português, há dois valores de género: masculino e feminino. Nos nomes que referem uma entidade animada (uma pessoa ou um animal), o valor de género corresponde, tipicamente, a uma distinção de sexo (i), excepto no caso dos nomes epicenos (como "sapo" ou "corvo"), sobrecomuns (como "vítima" ou "cônjuge") e comuns de dois (como "estudante" ou "jornalista") e ainda em casos irregulares (como no par “cavalo”/”égua”). Nos restantes nomes, esta correspondência não se verifica (ii).»

Sandra Duarte Tavares
Tema: TLEBS Classe de Palavras: substantivo