Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O equivalente em português dos anglicismos spearphishing e think tank

Nas notícias à volta das acusações dos EUA contra a alegada espionagem informática da Rússia na recente campanha eleitoral norte-americana e a respetiva retaliação diplomática, surgiu mais um anglicismo: spearphishing. O termo designa a fraude electrónica contra alvos específicos para obtenção de dados confidenciais de terceiros. Qual poderia ser o equivalente em português?Já agora: e para o termo, também agora muito em voga nos media nacionais, «think thanks»?

José Carlos Amorim Reformado Lisboa, Portugal 519

Spearphishing:

A palavra, tal como está grafada, é motivada por spearfishing, que significa «caça submarina (com arpão)» e permite um jogo gráfico e semântico em que fishing é substituído pelo homófono phishing, que tem um sentido próprio em computação: «Em computação, "phishing", termo oriundo do inglês (fishing) que quer dizer pesca, é uma forma de fraude eletrônica, caracterizada por tentativas de adquirir dados pessoais de diversos tipos; senhas, dados financeiros como número de cartões de crédito e outros dados pessoais» (Linguee, consultado em 30/12/2016). O Glossário da Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade da Informação (APSDI) propõe que phishing tenha por equivalentes em português as expressões «falsificação da interface» ou «mistificação da interface», conceito que define assim: «Crime informático que consiste no envio aos internautas de mensagens de correio eletrónico, com a aparência de terem origem em organizações financeiras credíveis, mas com ligações para falsos sítios Web que replicam os originais, e nos quais são feitos pedidos de atualização de dados privados dos clientes. Nota: O termo "phishing" é uma alusão à palavra inglesa "fishing", que significa "pescando".»

O inglês spearphishing é uma forma de phishing que ainda não tem equivalente consagrado. Atendendo às soluções da APSDI, poderia talvez propor-se «falsificação/mistificação direcionado da interface», que é expressão palavrosa e, portanto, pouco prática. O francês poderá ser fonte de inspiração: o Office Québecois de la Langue Française propõe os metafóricos harponnage, literalmente «arpoação, arpoamento», e hameçonnage ciblé, literalmente «uso direcionado de isco ou engodo», que inclui o termo hameçonnage, correspondente ao inglês phishing. Observe-se, porém, que as formas francesas, pelo menos, nas suas traduções literais, também não parecem desencadear metáforas rapidamente inteligíveis em português. Com efeito, poderá alguém compreender que com «pesca direcionada», «arpoamento direcionado» ou «aliciamento direcionado» se pretende encontrar expressão vernácula para spearphishing? Trata-se de uma questão que aguarda um uso criativo e consistente da parte de quem, em português, lida com as redes computacionais em português ou intervém em matéria de criação de terminologias.

Think tank

Esta expressão inglesa pode ser traduzida como «laboratório de ideias» ou «grupo de reflexão», como propõe a Porto Editora não no seu dicionário de inglês-português, mas, sim, curiosamente, no seu dicionário de francês-português. As soluções de tradução do sítio Linguee convergem com as da Porto Editora: «grupo de reflexão», «grupo de pesquisa», «laboratório de ideias», «banco de ideias»*.

* Em espanhol, as soluções não são muito diferentes, conforme um parecer da Fundación para el Español Urgente (Fundéu BBVA): gabinete estratégico, laboratorio de ideas, centro de reflexión, instituto de investigación, centro de pensamiento.

Carlos Rocha
Tema: Línguas de especialidade Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Léxico; Morfologia Construcional; Tradução Campos Linguísticos: Neologismos