O topónimo Pícua (Maia, Porto) - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O topónimo Pícua (Maia, Porto)

Gostaria de saber o significado da palavra Pícua. Moro na «casa da Pícua», existe perto do Porto uma Quinta da Pícua, que pertenceu à mesma família.

Recordo-me de ver, num dicionário muito antigo, que "pícua" tinha dois significados, «besta (arma)» e «sorvedouro de dinheiro (algo onde se gasta dinheiro continuamente , sem fim)».

Se possível, gostaria de saber qual o dicionário onde consta "pícua" e se existem outros significados para esta palavra.

Muito obrigado.

João Paulo Warden de Almeida Góis Gerente de hotel Óbidos, Portugal 253

Não conseguimos identificar o dicionário a que se refere o consulente, nem desvendar a origem e a etimologia do topónimo em questão.

Noutros dicionários, não se atesta o registo de "pícua". No entanto, encontra-se a forma picuá, palavra de origem tupi (grupo linguístico ameríndio, que se encontra no Brasil), com o significado de «cesto, saco». Será "pícua" uma variante de picuá, ou trata-se do caso contrário? Ou terá Pícua que ver com Picoa, forma feminina de Picão, nome usado como alcunha ou apelido (cf. José Pedro Machado, Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa, 2003, s. v. Picoas)? De momento, não é possível reunir elementos para uma resposta.

Acrescente-se que não se regista picuá na aceção de «besta (arma)». Já quanto a ser usada como «sorvedouro de dinheiro», talvez pela noção de «dinheiro» se encontre alguma afinidade semântica, porque está dicionarizado picuar, «guardar (em picuá), acumular», um verbo derivado de picuá (cf. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, 2001). Mas fica por esclarecer como de «acumular» se passou ao sentido contrário, «gastar».

Carlos Rocha
Tema: Topónimos Classe de Palavras: nome próprio
Áreas Linguísticas: Etimologia Campos Linguísticos: Atestação/Significado de palavras