O auxiliar andar, outra vez - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O auxiliar andar, outra vez

Ocorrem com frequência, sobretudo na linguagem informal, a expressão «andar a» (pois o verbo andar transmite a ideia de «dar passos», «caminhar»). Por exemplo:

1. «O seu bebé anda sempre a chorar durante a noite.»

2. «O investigador, usando o seu truque, andou a inquerir a todos operários da fábrica, ao longo do turno.»

3. «Sem pensar no amanhã, o Pedro anda a gastar a sua riqueza.»

É legítimo o uso da expressão andar a?

Agradeço a atenção!

António Chirindza Estudante Maputo, Moçambique 5K

É legítimo o uso da expressão andar a + infinitivo (ou andar + gerúndio: norma brasileira).

Segundo a Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso Cunha e Lindley Cintra, diferente das categorias do tempo, do modo e da voz, devemos considerar o aspecto, sendo este uma categoria gramatical que manifesta o ponto de vista do qual o locutor considera a acção expressa pelo verbo.
Ele pode considerá-la concluída, isto é, observada no seu término, no seu resultado; ou pode considerá-la como não-concluída, ou seja, observada na sua duração, na sua repetição. É na circunstância de acção não-concluída que nos surge a expressão andar a + infinitivo.

Existe estar a + infinitivo e outras perífrases formadas com os auxiliares de movimento, estando entre elas o verbo andar. Exs.:

«Estou a ler Camões.»/«Estou lendo Camões.»
«Ando a ler Camões.»/«Ando lendo Camões.»

 

Também podemos ter outros verbos auxiliares de movimento, além de andar: ir, vir, viver, etc.; e  também verbos auxiliares de implicação: continuar, ficar, etc.

Assim, os exemplos apresentados pelo consulente estão correctos.

Helena Ventura
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: verbo