«Independência sintáctica da frase» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«Independência sintáctica da frase»

Expliquem-me, por favor, o que se entende por «independência sintáctica da frase».

Mónica Liliana Coura de Sá Tinoco Estudante universitária Braga, Portugal 3K

Uma frase simples é uma frase que contém um único constituinte FLEXÃO (um verbo), este é o principal diagnosticador de “frase”. Uma frase complexa contém mais do que uma frase, i. e., mais de um constituinte FLEXÃO.As frases complexas são formadas por coordenação ou por subordinação.

O processo de coordenação ocorre com orações independentes, ou seja, que não dependem sintacticamente umas das outras, mas que ocorrem em parataxe, i. e., ao mesmo nível sintáctico. Na construção de uma unidade frásica maior, as frases simples independentes são unidas por vírgulas ou por conjunções coordenativas [copulativas (ex.: e), adversativas (ex.: mas) ou disjuntivas (ex.: ou)].

Ex. [[Normalmente, a Joana estuda em casa] ou [vai para o jardim ali perto], [estuda todo o dia], [janta], e [deita-se logo de seguida], [mas nem sempre consegue dormir]].

No exemplo acima temos uma frase complexa constituída pela coordenação de seis frases simples independentes, (separadas por parêntesis rectos), cada uma destas frases tem a mesma posição hierárquica ao nível da sintaxe. Nenhuma depende da outra.

Por oposição, uma construção de subordinação é constituída por orações interdependentes, que ocorrem ligadas por conjunções subordinativas (que, para, porque, etc.).

[[A Joana sabe] que [precisa de estudar]].

Neste exemplo apresentamos uma frase complexa, composta por duas frases interdependentes, com diferente posição hierárquica ao nível da sintaxe: uma frase subordinante e uma subordinada (neste caso, uma subordinada completiva).

1 Na gramática tradicional, costuma aplicar-se o termo oração às frases que constituem uma frase complexa.

Ana Carina Prokopyshyn
Áreas Linguísticas: Gramática; Sintaxe