Conjunções e coordenação de constituintes - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Conjunções e coordenação de constituintes

A gramática de português do Celso Cunha e Lindley Cintra diz que as conjunções que relacionam termos ou orações de idêntica função gramatical têm o nome de coordenativas.

Referente à afirmação do livro: o que são termos de idêntica função gramatical? Função gramatical é classe gramatical ou função sintática (como sujeito)?

Grato.

Renan Repizo Coelho Autônomo Rio de Janeiro, Brasil 43

Termos com função gramatical idêntica são constituintes que funcionam num mesmo nível de hierarquia sintática. Por sua vez, as conjunções coordenativas  têm como função conectar constituintes num mesmo plano sintático. 

Recorde-se que as conjunções podem coordenar itens lexicais, grupos nominais ou orações (independentes, subordinadas completivas e subordinadas infinitivas).

Uma conjunção coordenativa pode articular dois constituintes no interior

(i) da função sujeito: «O Rui e o António já chegaram.» (O sujeito composto é formado pelos nomes próprios coordenados «O Rui e o António»;

ou, por exemplo,

(ii) da função complemento direto: «Eu disse que ia chover e que ia fazer frio.» (o complemento direto é formado pelas orações subordinadas completivas coordenadas «que ia chover e que ia fazer frio».

O mesmo acontece quando se coordenam orações independentes que, em conjunto, produzem uma oração/frase complexa. As orações que se coordenam poderiam aparecer isoladamente, são gramaticalmente semelhantes e funcionam no mesmo plano sintático. É esta característica que permite distinguir a coordenação da subordinação, uma vez que nesta última as conjunções subordinativas introduzem uma oração que funciona num plano subordinado (a outra oração ou a um termo) do ponto de vista sintático.

Disponha sempre!

Carla Marques
Classe de Palavras: conjunção
Campos Linguísticos: Orações