Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A pronúncia de omelete/omeleta

É mais correcto dizer-se "omelete", ou "omolete"? Já agora, pastelão na minha terra (no distrito de Braga) é uma palavra equivalente para se pedir uma omelete. Do ponto de vista linguístico, será uma omelete o mesmo que um pastelão?

Desde já muito obrigado.

Carlos Barros Estudante Fafe, Portugal 3K

Aceita-se atualmente como correto o uso das formas omelete e omeleta – mas não a forma "omolete". Ambas as palavras apresentam e aberto na sílaba tónica, -le- (cf. transcrições fonéticas disponíveis no dicionário da Academia das Ciências de Lisboa, publicado em 2001, e no Grande Dicionário da Língua Portuguesa, da Porto Editora, de 2010). Não obstante, entre normativistas mais conservadores, considera-se ou considerava-se (ver Textos Relacionados) que a forma portuguesa é apenas omeleta, pronunciada com e fechado ("omelêta"; cf. Rebelo Gonçalves, Vocabulário da Língua Portuguesa, 1966, s. v. omeleta), visto ser essa a pronúncia do sufixo -eta noutras palavras (careta, lambreta). Observe-se, porém, que no caso de omeleta tal pronúncia parece hoje rara, de tal modo as outras variantes se consagraram no uso.

Quanto a pastelão, como sinónimo de omelete/omeleta, é um regionalismo, ou seja, do ponto de vista linguístico, é um termo que é típico de uma região de Portugal, mas que neste país não é sentido como vocábulo de uso generalizado.

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Fonética; Léxico