A juíza + a aprendiza - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A juíza + a aprendiza

Continuo a ver escrito e ouvir na televisão o emprego de «“a” senhora juiz,» como se juiz fosse um substantivo comum de dois. Ora, não foi isso que aprendi, do mesmo modo que aprendiza é o feminino de aprendiz (e não «“a” aprendiz»).

João Carlos Araújo Lisboa, Portugal 3K

O feminino de juiz é juíza, que se aplica tanto à mulher que exerce as funções de juiz, como à mulher de um juiz.

Juiz não é, portanto, um substantivo comum de dois como alguns julgam. A terminação -iz é, por outro lado, por exemplo, a do feminino de actor, ou seja, actriz. Já aprendiz, pelo contrário, é um masculino, cujo feminino é aprendiza.

F. V. Peixoto da Fonseca
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Léxico; Morfologia Flexional