Doze Segredos da Língua Portuguesa - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Doze Segredos da Língua Portuguesa
Marco Neves
Guerra e Paz, 2016 6K   

Um livro que constitui uma novidade no contexto das muitas publicações respeitantes ao uso da língua portuguesa. Na verdade, Marcos Neves afasta-se do tradicional discurso censório e até inquisitorial sobre gramática e norma, para, em contacto com a história e com a atualidade, apresentar uma língua portuguesa dinâmica, falada por indivíduos e comunidades capazes de descobrir criticamente a sua identidade e viver sem medo de inovações nem influências exteriores.

Na sua maior parte, esta obra resulta das observações, reflexões e comentários que o autor tem produzido ao longo dos últimos anos no blogue Certas Palavras e agora reúne em volume, pondo estes conteúdos ao alcance de quem se disponha a vencer o preconceito e a ver o português com outros olhos – tanto na interpretação do passado como na avaliação do presente. Marco Neves desvela, assim, o caráter galego da língua no alvor da sua história; salienta as especificidades das várias normas do português, em especial das que contrastam o português europeu com o português brasileiro, apelando a um exigente sentido de contextualização e sem entrar em velhas desvalorizações mútuas; e atreve-se a criticar o vezo – que não é exclusivo das culturas de língua portuguesa – de, no espaço público e quantas vezes em privado, se manipular a norma-padrão para a caça ao erro.

Tudo isto e muito mais faz deste livro uma novidade em Portugal, embora, ao propor uma visão mais crítica e menos mítica da língua e dos seus usos, encontre paralelo noutros espaços linguísticos. Bastará mencionar, no âmbito do inglês, as obras já clássicas de David Crystal ou de Jean Aitchison, que tanto impacto têm tido na divulgação e compreensão dos fenómenos linguísticos, incluindo a sua vertente sócio-histórica. No contexto português, a inovação de Doze Segredos da Língua Portuguesa está em libertar-se do conhecido formato que lista formas e expressões proibidas, para revelar a norma como uma modalidade da língua, que, construída em sociedade e projetada pelo talento literário, abre aos falantes as portas do pensamento e do mundo.

Carlos Rocha